Nomura: é provável que EUA enfrentem “suave recessão” a partir do 4º trimestre

Nomura: é provável que EUA enfrentem “suave recessão” a partir do 4º trimestre


A economia dos EUA provavelmente enfrentará uma “suave recessão” no fim de 2022, à medida que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) continuar elevando juros de forma agressiva, segundo a Nomura.

“As condições financeiras devem se estreitar mais, os consumidores estão vivendo um significativo choque de sentimento negativo, os problemas na oferta de energia e alimentos pioraram e a perspectiva para o crescimento externo se deteriorou”, comentaram os economistas da Nomura Aichi Amemiya e Robert Dent, em nota publicada nesta segunda-feira, 20.

“Com o ímpeto de crescimento desacelerando rapidamente e o Fed comprometido a restaurar a estabilidade de preços, acreditamos que uma suave recessão a partir do quarto trimestre é agora mais provável do que o contrário”, acrescentaram.

Na semana passada, o Fed anunciou o maior aumento de juros desde 1994, de 75 pontos-base, e projeções mostram que as taxas vão continuar subindo até o ano que vem. No sábado, 18, o diretor do Fed Christopher Waller disse apoiar uma nova alta de 75 pontos-base em julho.

Já no domingo, 19, a Secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, admitiu que uma recessão da economia americana não é inevitável.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?