O ciclo das criptos e a oportunidade de multiplicação do capital

bitcoin halvin

DISCLAIMER: o texto a seguir trata apenas da opinião do autor e não necessariamente reflete a opinião institucional da Nomos Investimentos ou do TradeNews.

Todos sabemos da alta volatilidade no mercado de criptomoedas e o medo de muitos investidores que temem perder seu capital. Porém, sabemos também do interesse de muitos e a oportunidade de multiplicação do capital em um curto espaço de tempo (entre 2 a 3 anos). Fato é que quando penso em volatilidade, logo penso em oportunidade.

Falando em Bitcoin, que é a principal e maior criptomoeda já criada até hoje, uma das suas maiores características (e podemos dizer também em qualidade) é o fato da baixíssima inflação que tende a acabar com o tempo. Serão emitidos apenas 21 milhões de Bitcoins, e seu contrato não prevê possibilidade de alteração deste número.

A cada 4 anos, temos um evento no Bitcoin chamado halving, que é o corte pela metade da recompensa em Bitcoins que os mineradores recebem em cada bloco minerado. É o evento mais importante do Bitcoin, porque impacta diretamente a oferta do criptoativo no mercado.

Se pensarmos que a quantidade de Bitcoins entrando no mercado cai a cada 4 anos e a demanda se manteve estável (e em alguns momentos foi elevada), já bastaria para uma alta do ativo.

Podemos perceber que o movimento da moeda é relativamente previsível e que estes eventos são catalisadores de grandes movimentos de alta, conforme imagem abaixo:

Quando pensamos em ciclos de mercado através da análise técnica, percebemos uma simetria e repetição do movimento de alta que nos dá regiões e períodos de compras muito bons para valorização  do capital.

Para efeitos de retorno, tivemos uma alta de 2.950% após o halving de 2016 e de 560% em 2020. Nunca se falou em cripto quanto atualmente, e a aprovação do mercado spot para ETFs de Bitcoin e Ethereum podem abrir espaço para uma entrada de capital jamais vista na indústria de criptomoedas. As principais gestoras do mundo já entraram com pedido no mercado americanos e o consenso de mercado não tem mais dúvidas se será aprovado. A dúvida é apenas quando será.

Se as 10 principais gestoras que entraram com pedido de autorização para seus ETF’s alocarem apenas 5% do capital em Bitcoin, isto já seria suficiente para a moeda retornar à sua máxima histórica. Vale também ressaltar que os portfólios ótimos apresentados por praticamente todas elas apresenta uma alocação superior aos 5% mencionados no exemplo e poderemos ter altas mais fortes.

Se para muitos o Bitcoin é apenas um “lixo digital” por ser intangível, vale lembrar que se todos os correntistas dos bancos comerciais fossem no caixa sacar em espécie seus recursos, não haveria dinheiro em espécie para todos.

Resumindo, o dinheiro hoje é digital.

Modelo Stock-to-Flow

Esta ferramenta de previsão de preço para o Bitcoin foi criada em 2012 e se mostrou eficaz em todos os movimentos de ciclo do mercado de cripto. Modelo este que prevê o preço do Bitcoin entre 2025 à 2026 entre U$ 400mil e U$ 1MM.

Segue abaixo o gráfico do modelo:

À medida que a quantidade de Bitcoins a serem minerados diminui ao longo do tempo, o número de estoque em relação ao fluxo (na relação Stock-to-Flow) aumenta, à medida que a oferta que chega ao mercado diminui. É por isso que este modelo prevê que o preço do Bitcoin aumentará no futuro.

Numero de endereços de Holders de Bitcoin

Podemos perceber pela imagem que o número de carteiras e novos investidores só aumenta a cada dia, com sua emissão sendo cada vez maior.

Este modelo é um pouco criticado, porque um investidor pode ter mais de uma carteira de cripto para armazenar seus Bitcoins (o que é saudável), porém o número de novos endereços demonstra da mesma forma que o Bitcoin tem sido cada vez mais visto como reserva de valor, apesar da sua volatilidade.

Eu sigo comprado e comprarei mais.

Sigo comprado em Bitcoin, Ethereum e outros projetos de cripto acreditando no próximo ciclo de alta no mercado de criptomoedas. A oportunidade de multiplicação do capital e facilidade de acesso me chamaram a atenção em 2017 e desde então nunca mais parei de acompanhar o mercado e procurar oportunidades com ótimas assimetrias.

E se você ainda não comprou seus Bitcoins e tem receio de mandar dinheiro para alguma exchange (corretora de criptomoedas), comece comprando algum ETF de Bitcoin na B3, que é um órgão regulamentado, e comece a estudar sobre esta moeda que pode te ajudar a mudar de patamar financeiro no futuro.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

No Content Available
PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?