Pare de ser obcecado por trabalho o tempo todo

transferir-_11_

Uma fantasia de vingança sobre o seu chefe. Sua lista de tarefas. Aquela reunião fracassada. Você precisa parar de remoer coisas do trabalho. Aqui está como fazer isso.

Uma coisa é trabalhar muitas horas. Mas outra é entregar seu tempo livre a pensamentos confusos sobre problemas no escritório e projetos pendentes que pairam sobre sua cabeça.

Muitos de nós não conseguem deixar o trabalho de lado. Isso está afetando nossa saúde mental e prejudicando nossos relacionamentos. Precisamos mudar nossa abordagem mental.

Joe Mellin achou que talvez uma semana sozinho na floresta pudesse ajudar. Ele viajou de avião, ônibus e van para um local remoto do Colorado, para um programa que coordena excursões solitárias na natureza. 

Armado com uma escova de dentes, um diário e algumas ervilhas secas, o homem de 41 anos se recolheu para meditar e descobrir quem ele era. 

Acontece que ele era alguém que realmente gostava de ser obcecado pelo trabalho.

Joe Mellin descobriu que seus pensamentos sobre o trabalho o seguiram até um canto remoto do Colorado.

“Eu literalmente dizia ‘Joe, você está no Colorado, está fora do trabalho, está no meio de uma floresta, pare de pensar nisso’”, lembra o profissional de tecnologia, que mora em Washington. 

Na hora 36, no silêncio de seu saco de dormir sob a lua, ele cedeu. Logo, ele estava esboçando apresentações de PowerPoint em seu diário, preenchendo 20 páginas com notas antes de finalmente conseguir relaxar.

Seja em uma busca espiritual no Colorado ou no parquinho com seus filhos, resolvendo internamente o discurso do cliente da próxima semana ou se divertindo com fantasias de se vingar de um colega, existe um custo.

“Cada vez você está se irritando ainda mais”, diz Guy Winch, um psicólogo e autor que fez uma palestra TED sobre o assunto.

Muitas vezes pensamos que precisamos consertar nossos empregos para aliviar o estresse no trabalho. “Você pode até precisar”, diz ele. “Mas conserte a si mesmo primeiro”.

Quebre o ciclo

Comece acompanhando quanto tempo você passa remoendo sobre o trabalho, diz Winch. Para muitos de seus pacientes, isso representa de 10 a 20 horas por semana, fora do horário de trabalho. No escritório, geralmente estamos ocupados demais fazendo o trabalho para ficar remoendo sobre ele, diz ele.

Para interromper o ciclo, desafie sua capacidade mental com algo mais complexo do que assistir Netflix ou fazer uma caminhada. Experimente uma tarefa de memória, como nomear todas as capitais dos 50 estados dos EUA ou lembrar os itens na geladeira, sugere Winch. Dois a três minutos geralmente são suficientes para um recomeço.

Em seguida, canalize aquilo em que você estava obcecado em algo útil. Pergunte a si mesmo: qual é o problema real a ser resolvido? Se você está preocupado com a carga de trabalho, pode delegar tarefas para os colegas de equipe ou recusar reuniões?

Se não há nada a ser feito sobre a situação – alguns colegas de trabalho são simplesmente irritantes – tente encontrar o lado positivo, acrescenta Winch. Talvez seja o estímulo que você finalmente precisa para encontrar um emprego novo e melhor. Talvez você esteja desenvolvendo habilidades que irão ajudá-lo no futuro.

Quando você é o seu trabalho

Somos bombardeados com e-mails, mensagens e chamadas consecutivas durante o dia, então não é de se admirar que não consigamos desligar nossa mente quando desligamos o computador. 

Nos preparamos mentalmente para receber notificações de todos os tipos, mesmo quando elas não estão chegando.

E parte disso é culpa nossa. Muitos funcionários vincularam suas identidades aos seus empregos.

“Eles definiram todo o seu valor dessa maneira, o que torna muito mais difícil deixar as coisas para trás”, observa Rebecca Zucker, uma coach executiva, sobre alguns de seus clientes. “Algo que dá errado no trabalho pode ser destruidor”.

Lauren Orcutt, uma californiana de 36 anos que mora em Sacramento, adora ser redatora. Alguns de seus amigos e familiares não gostam de ouvir constantemente sobre isso, diz ela.

“Eu penso nisso tanto que simplesmente sai”, explica ela.

Ela muitas vezes está acordada às 3 da manhã, motivada por uma ideia para um novo post de blog ou incomodada pela constatação de que errou em um e-mail. “Eu meio que senti que estava trabalhando a noite toda por meses”, diz ela. Seu sono sofreu.

Para recuperar seu espaço cerebral, Orcutt começou a anotar seus pensamentos em um caderno roxo que agora mantém na mesa de cabeceira. Erros que a estão atormentando ganham sua própria página, que ela rasga pela manhã.

“Eu jogo fora e sigo com a  minha vida”, diz ela. Até mesmo capturar as boas ideias a acalma, a ajudando a dormir novamente.

Reorganize sua vida

Remoer sobre o trabalho pode dificultar o ato de pegar no sono e a manutenção dele, além  de prejudicar nosso humor e saúde mental, diz Verena C. Haun, professora da Universidade Julius Maximilian em Würzburg, Alemanha, que estuda o desapego psicológico do trabalho. Esgotados, muitas vezes desempenhamos pior no trabalho no dia seguinte.

Ela sugere marcar a transição de saída do trabalho com um ritual simples, como lavar sua xícara de café ou trocar de roupa. Encontre um hobby, ou três, que o faça realmente esquecer do trabalho enquanto os faz. Estabeleça uma meta, como passar uma hora no jardim, especialmente em dias estressantes de trabalho.

Você não pode pensar no trabalho quando está tentando não bater um barco, Jackie Hermes, CEO de uma empresa de marketing, diz que descobriu. Quando o início da pandemia fez a receita de sua empresa cair 40%, ela repensou sua relação, antes consumidora, com seu trabalho.

“Eu realmente estou dedicando toda a minha vida a isso?” ela se perguntou.

Ela não trabalha menos horas agora, mas mudou a forma como pensa sobre o trabalho, permitindo-se mais flexibilidade e experimentando coisas novas em sua vida pessoal. Durante o dia, às vezes ela aparece no clube de barcos, para o qual entrou recentemente, ou assiste a um jogo do Milwaukee Brewers no estádio.

“O trabalho não é mais a única prioridade”, diz ela, observando que muito sobre nossos empregos está fora de nosso controle de qualquer maneira. Agora ela diz para si mesma: “Eu não estou atrasada. Sempre vai ser feito”.

(Com The Wall Street Journal; Título original: Stop Obssessing About Work All The Time)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?