PepsiCo divulga balanço antes de início oficial da temporada; Novo entra com mandado no STF contra PEC dos benefícios sociais

1E5F1D44-614C-4340-9A87-A23C3C13E683

As bolsas da Europa e os futuros de Nova York operam majoritariamente em baixa nesta terça-feira (12), tendo a expectativa pelos dados de inflação dos EUA como principal impulso negativo. Indicadores macroeconômicos da Zona do Euro e preocupações quanto à Covid-19 na Ásia reforçam a aversão ao risco.

O índice de preços ao consumidor (CPI) da maior economia do mundo será divulgado amanhã e, de acordo com o governo americano, deve trazer números “altamente elevados”. A inflação nos EUA há meses tem renovado máximas de 40 anos, sugerindo que o Fed aumente os juros agressivamente para conter a pressão dos preços. Na última reunião de política monetária, o banco central americano reajustou a taxa básica de juros em 0,75 p.p., o maior reajuste desde 1994. O fato de o mercado de trabalho do país continuar aquecido, conforme apontado pelo relatório de empregos na última sexta-feira (08), abre margem para os banqueiros centrais seguirem com um intenso aperto monetário. 

O índice ZEW de expectativas econômicas da Alemanha acrescentou desânimo para o investidor europeu. Divulgado nesta manhã, o indicador recuou a -53,8 pontos, bem abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam -41 pontos para julho. O resultado pressionou ainda mais a cotação do euro, que atingiu brevemente a paridade com o dólar e se mantém em cotação aproximada. 

No pré-mercado em Wall Street, destaque para a oscilação positiva dos papéis da PepsiCo. A companhia divulgou nesta manhã o balanço corporativo do segundo trimestre, a um dia do início oficial da temporada de resultados. A companhia de alimentos e bebidas. Reportou lucro líquido de US$ 1,43 bilhão no período analisado, queda de 65% ante os US$ 2,36 bilhão do mesmo período no ano anterior. Apesar do decréscimo do lucro, o saldo positivo de US$ 1,86 por ação veio melhor que a projeção do FactSet, de US$ 1,74. 

As bolsas da Ásia fecharam em queda generalizada, acompanhando o desempenho semelhante dos índices de Wall Street na véspera. A aversão ao risco congrega as preocupações com o cenário da Covid-19 na China e a expectativa pelo CPI dos EUA.

No cenário geopolítico, novas restrições na China se somam aos riscos de cortes no fornecimento do gás russo para a Europa.

Por aqui, a pesquisa mensal do setor de serviços traz os dados referentes a maio, sendo o principal destaque entre os indicadores econômicos nacionais. Entretanto, Brasília é a pauta principal no noticiário interno, frente à expectativa de votação da PEC dos benefícios sociais nesta tarde. 

O partido Novo entrou com mandado de segurança no STF contra a proposta, apelidada de “PEC Kamikaze”. A legenda argumenta que a tramitação acelerada da matéria viola cláusulas pétreas da Constituição.

Também no Congresso, o ministro Paulo Guedes participa de audiência pública no Senado sobre os preços dos combustíveis. 

No cenário corporativo, a Petrobras (PETR3;PETR4) finalizou ontem a venda de 51% da Gaspetro para a Compass. Os R$ 2,097 bilhões pagos pela transação foram integralmente quitados na segunda-feira (11), conforme fato relevante divulgado pela estatal.

Desempenho dos principais índices às 8h40:

🇺🇸 S&P Futures -0,38%
🇩🇪 DAX -1,04%
🇺🇸 Nasdaq 100 +0,09%
🇬🇧 FTSE -0,47%
🇫🇷 CAC -0,10%
🛢 Petróleo Brent -4,51%
🛢 Petróleo WTI -4,89%
💵 Índice Dólar +0,03%
🇺🇸 S&P VIX +3,36%
🇧🇷 EWZ -1,06%
💰 Bitcoin -3,48%
💲 Ethereum -6,78%

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?