Petrobras (PETR4) fecha venda de bloco, Vale (VALE3) informa sobre Samarco e mais notícias

Petrobras (PETR4) fecha venda de bloco, Vale (VALE3) informa sobre Samarco e mais notícias


O Radar InfoMoney traz como destaque a venda de ativo da Petrobras em bacia petrolífera no Rio Grande do Norte, atualização da Vale em relação ao processo de recuperação judicial da Samarco.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras informou que assinou com A Aguila Energia e Participações contrato para a cessão, em conjunto com a Sonangol, da totalidade da participação de ambas as empresas no bloco exploratório terrestre POT-T-794, pertencente à concessão BT-POT-55A, localizada na Bacia Potiguar, no estado do Rio Grande do Norte.

O valor da venda é de US$ 750 mil, sendo US$ 150 mil pagos à vista e US$ 600 mil a serem pagos no fechamento da transação. Os valores não consideram os ajustes devidos até o fechamento da transação, que está sujeito ao cumprimento de certas condições precedentes, tais como a aprovação pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

“A Petrobras segue concentrando cada vez mais os seus recursos em ativos de águas profundas e ultra-profundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, produzindo óleo de melhor qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa”, informou.

A concessão foi adquirida em 2006 na 7ª Rodada de Licitações de Blocos realizada pela ANP. A Petrobras detém 70% de participação e a Sonangol, operadora da concessão, detém os demais 30% de participação. O consórcio perfurou dois poços na área, sendo um descobridor de gás e um de delimitação.

Vale (VALE3)

A Samarco, joint venture da brasileira Vale com o grupo anglo-australiano BHP, e seus credores não chegaram a um acordo de recuperação judicial em um primeiro momento, mas as negociações devem continuar, afirmaram ambas as partes em comunicados na segunda-feira.

Em julho, os credores haviam rejeitado uma proposta feita pela Samarco, e novas propostas feitas posteriormente por cada um dos lados não levaram a um acordo.

Alpargatas (ALPA3)

A Alpargatas comunicou na segunda-feira que o conselho de administração decidiu pela distribuição de juros a título de remuneração sobre capital próprio de R$ 0,148 por ação ordinária e R$ 0,163 por ação preferencial, no valor total de R$ 90 milhões.

Fazem jus ao recebimento dos juros sobre o capital próprio os acionistas inscritos em 30 de dezembro de 2021. O pagamento deverá ser efetuado no exercício de 2022 em uma data ainda a ser definida pelo conselho de administração.

Copasa (CSMG3)

Na segunda-feira, a Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) comunicou que aumentou de R$ 33,5 milhões para R$ 217 milhões as provisões para a perda em um processo trabalhista ajuizado em 2008 pelo principal sindicato de empregados da empresa.

“Considerando as recentes decisões sobre o assunto, a empresa disse acreditar que a perda é provável e decidiu rever o valor das provisões”, escreveu.

Dasa (DASA3)

A Dasa (Diagnósticos da América) comunicou na segunda-feira a incorporação das ações de emissão da Ímpar em titularidade de seus acionistas minoritários e a compra da totalidade das ações de emissão da Andrade da Silva Participações pela Ímpar. Acionistas dissidentes da Ímpar terão direito a reembolso de suas ações por R$ 7,36.

BB Seguridade (BBSE3)

O BB Seguridade comunicou na segunda-feira a formalização de um acordo para a oferta de seguros via uma rede de correspondentes bancários administrados pela Promotiva visando a obtenção de novos clientes, distribuição, oferta e comercialização de produtos de seguros. Com mais de 5.000 agentes de crédito, a Promotiva é coligada do Banco do Brasil, controlador da BB Seguridade. 

Pelo acordo, a Promotiva se compromete a disponibilizar seus canais, pontos de atendimento e empregados para a venda de produtos securitários apenas à BB Corretora, controlada da BB Seguridade. O produto de seguro pré-aprovado inicialmente para divulgação e venda nos termos do acordo é o BB Seguro Crédito Protegido Slip. 

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?