Petroleiros aprovam indicativo de greve; China preocupa com possibilidade de novos lockdowns

stock-market-gbda2d8e9a_1920

As bolsas da Europa e os futuros de Nova York operam em queda nesta segunda-feira (11), em compasso de espera pelo início da temporada de balanços do segundo trimestre nos EUA, com início oficial na quinta-feira (14). Um dia antes, investidores vão acompanhar a publicação do índice de preços ao consumidor (CPI) americano e o Livro Bege do Fed. Na semana passada, o relatório oficial de empregos do país mostrou que o mercado de trabalho do país segue aquecido, reforçando expectativas de que o Fed decida por um novo reajuste de 0,75 p.p. da taxa básica de juros na maior economia do mundo. Nesse ínterim, o mercado acompanha hoje o discurso do presidente distrital do Fed em Nova York, John Williams, membro do comitê de política monetária do BC americano (Fomc).

No pré-mercado em Wall Street, as ações do Twitter despencam, em repercussão ao anúncio de Elon Musk na noite de sexta-feira passada (08). O bilionário declarou desistência do processo de compra da empresa de mídia social.

As bolsas da Ásia fecharam majoritariamente em queda, após Xangai reportar a primeira infecção por uma subvariante do coronavírus e gigantes da tecnologia da China serem multadas. Capital financeira da China, Xangai reportou ontem o primeiro caso de Covid-19 pela mutação BA.5, derivada da cepa Ômicron. A bolsa do Japão, por outro lado, foi o único fechamento positivo do dia, após o resultado das eleições no país.

Por aqui, é a última semana antes do recesso legislativo em Brasília, e a votação da PEC dos benefícios sociais em segundo turno na Câmara está prevista para amanhã. Com o fim da greve dos servidores do Banco Central, o mercado brasileiro volta a ter acesso aos dados semanais do Boletim Focus, divulgado toda segunda-feira, às 8h25. As eleições presidenciais se aproximam, e o noticiário observa também a escalada da violência relacionada à política. Marcelo Arruda, guarda municipal filiado ao PT em Foz do Iguaçu (PR), foi assassinado no sábado à noite por um apoiador do presidente Jair Bolsonaro, que condenou publicamente o ataque e exigiu investigação do atentado.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?