Próxima semana tem payroll e desemprego do Brasil; Borges dá gatilho de compra para PETR4

A partir das cartas de gestores e de pesquisa interna da XP Investimentos, o TradeNews teve acesso às perspectivas das principais gestoras de fundos do Brasil para o cenário político-fiscal do país do próximo ano

Panorama de 29 de abril a 3 de maio

Após uma semana de oscilações sem direção única, o Ibovespa encerrou com alta acumulada acima de 1% nesta sexta-feira (26). 

A desaceleração mais forte que a esperada na taxa do IPCA-15 em abril, somada à falta de surpresas negativas na inflação americana de março medida pelo índice PCE, afastou parcialmente a preocupação dos investidores com a possibilidade de a Selic cair mais lentamente e estacionar em um nível mais alto nos próximos meses.

Na próxima semana, o mercado acompanha o relatório de emprego dos EUA – o payroll – e o dado de deseprego do Brasil. 

Radar de Proventos

Na próxima segunda-feira (29), ficam “ex-dividendos” os ativos do Banco da Amazônia [BAZA3], Grupo SBF [SBFG3], Caixa Seguridade [CXSE3], Terra Santa [LAND3], CPFL Energia [CPFE3], Yduqs [YDUQ3], Companhia de Saneamento de Minas Gerais [CSMG3], Eletromidia [ELMD3], Eletrobras [ELET3], Eletropar [LIPR3] e Wilson Sons [PORT3].

Na terça-feira (30) é a vez da Ouro Fino [OFSA3], Metal Leve [LEVE3], Blau [BLAU3], Melnick [MELK3], Cemig [CMIG4], Bradespar [BRAP4], CEG [CEGR3], Priner [PRNR3], Guararapes [GUAR3]*, Rumo [RAIL3]*, Wiz [WIZC3], CSU [CSUD3], JHSF [JHSF3], Vivara [VIVA3], Dexxos [DEXP3], Telefônica [VIVT3], Minerva [BEEF3]*, e Elektro [EKTR4].

Já CSN [CSNA3]*, Banrisul [BRSR6], CEB [CEBR5], Rio Paranapanema [GEPA4], Allos [ALOS3], LPS Brasil [LPSB3], Coelce [COCE5], Nortcquimica [NRTQ3],  CM Hospitalar [VVEO3], Cury [CURY3], Equatorial Distribuidora [EQPA5], Taurus [TASA4], Petz [PETZ3], Hospital Mater Dei [MATD3], Positivo [POSI3], Helbor [HBOR3], Equatorial Energia [EQTL3], Itaú [ITUB4], 3R petroleum [RRRP3], Movida [MOVI3]*, e SLC Agrícola [SLCE3] se tornam “ex” na quinta-feira (02).

Por fim, na sexta-feira (03), Grandene [GRND3], São Carlos [SCAR3], Mills [MILS3], Track&Field [TFCO4], Bradesco [BBDC4] e Assaí [ASAI3]* ficam “ex-dividendos”.

*O relatório da Bloomberg aponta que as datas em que estas ações ficam “ex-proventos” são apenas previsões, não estão confirmadas, estando sujeitas a mudanças.

Panorama do Ibovespa

De acordo com o analista técnico Filipe Borges, o Ibovespa faz o movimento dentro do esperado, segurando a região de LTA – linha de tendência de alta – no gráfico semanal,  com possibilidade de subir nos próximos dias.
 
Desempenho semanal do Ibovespa em 26 de abril de 2024. [Fonte: TradingView/Filipe Borges]
No gráfico diário, Borges aponta que o índice para de fazer o novo fundo – “que é um ponto muito bom” , monta “importante” suporte em 123.300 pontos, rompendo a região de resistência, agora em 126.000, e abre espaço para altas até testar a LTB – linha de tendência de baixa –, entre 128 a 129 mil pontos nos próximos dias.  

“Para swing trade, estou olhando algumas operações na ponta compradora, visando análise de uma semana, 10 dias, e até um gráfico mensal, que sugere repique ou alta nas próximas semanas”, afirmou.

Dicas de Trades

Santos Brasil [STBP3]

Segundo Borges, STBP3 segue em movimentação de alta, trablhando acima da última resistência de R$ 3,25. Ele afirma que o ativo demonstra um volume “bom” no pregão de hoje, com espaço para buscar máximas em R$ 14,18, rompendo alvo entre R$ 15 e  R$ 16. 

Desempenho diário de STBP3 em 26 de abril de 2024. [Fonte: TradingView/Filipe Borges]
“Para as próximas semanas, o stop dessa operação ficaria abaixo de R$ 12,40”, sugeriu.

Petrobras [PETR4]

Petrobras recuperou todo o movimento de queda observado nas semanas anteriores, voltando para as máximas históricas, atualmente na região de R$ 41,90, destacou Borges. 
 
Desempenho semanal de PETR4 em 26 de abril de 2024. [Fonte: TradingView/Filipe Borges]
O ativo está rompendo, prossegue, e abre espaço para novas altas até a região entre R$ 44 e R$ 46 nos próximos dias e nas próximas semanas. 
 
“Pelo gráfico diário, a gente consegue perceber que PETR4 trabalha com topos e fundos ascendentes, o que é muito bom”, reflete. “Até que essa tendência seja revertida, correções em um curto prazo são boas regiões para analisar boas compras no ativo.”

OceanPact [OPCT3]

O analista pontua que OPCT3 está em uma “movimentação bonita” no gráfico semanal, e confirma rompimento, fechando a semana acima de R$ 6,30, nesse momento cotado a R$ 6,45.

Desempenho semanal de OPCT3 em 26 de abril de 2024. [Fonte: TradingView/Filipe Borges]

“Há espaços para altas interessantes”, ponderou.

Borges destaca que o alvo de projeção semanal fica entre R$ 7,00, e o alvo principal em R$ 7,45, oferecendo uma alta em torno de 45% dos preços atuais. 

O stop dessa posição deveria ser um pouco mais longo, abaixo dos R$ 5,65, “para proteger o investidor”. 

“Graficamente, está muito bonito, com boa possibilidade de alta, vindo acompanhando de um volume acima da média”, salientou.

Indicadores econômicos

O payroll tende a perder ritmo em abril, tendo em vista os resultados mais fracos dos PMIs em ambos os setores, de acordo com o analista da Benndorf Research Marco Ferrini.

Além disso, Ferrini afirma que há relatos sobre os primeiros cortes de vagas desde junho de 2020, e redução de pessoal no ritmo mais rápido desde 2009 no setor de serviços, desconsiderando o período da pandemia. 

“Ainda assim, seguimos cautelosos com o resultado, já que o mercado de trabalho americano vem surpreendendo desde o início de 2023, e continua sendo o principal pilar de sustentação do crescimento dos EUA e da inflação persistente”, afirmou.

Já para o desemprego no Brasil, o analista pontua que a expectativa é de estabilidade no primeiro trimestre de 2024. 

Após dois resultados consecutivos de alta refletindo efeitos sazonais, como o encerramento de vagas temporárias e a reentrada de pessoas desocupadas no mercado de trabalho após o fim de ano, ele espera que o mês de março tenha sido marcado por mais contratações, “especialmente tendo em vista o bom ritmo de atividade dos setores da economia brasileira, o controle inflacionário, a queda de juros e a resiliência do consumo”.

Dessa forma, Ferrini segue com perspectivas positivas para o mercado de trabalho em 2024, após um início de ano mais forte da economia nacional, e expectativa de cenário de inflação controlada. 

“Entretanto, algo que pode prejudicar o mercado de trabalho nos próximos meses é a mudança no comportamento do Copom, que agora segue mais hawkish principalmente em função do aumento das incertezas externas”, concluiu.

Calendário Macroeconômico

Hora

País

Evento

Segunda-feira

8h

8h25

22h30

Brasil

Brasil

China

IGP-M

Boletim Focus

PMI industrial

Terça-feira

6h

6h

9h

9h

Zona do Euro

Zona do Euro

Brasil

Brasil

IPC

PIB

IPP

Taxa de desemprego

Quarta-feira

11h

11h30

Estados Unidos

Estados Unidos

Relatório de emprego JOLTs

Estoque de petróleo em cushing

Quinta-feira

5h

8h30

10h

Zona do Euro

Brasil

Brasil

PMI industrial

Investimento estrangeiro

PMI industrial

Sexta-feira

5h

5h30

9h

9h30

10h45

Brasil

Reino Unido

Brasil

Estados Unidos

Estados Unidos

IPC-Fipe

PMI composto e setor de serviços

PMI industrial

Payroll

PMI composto

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?