Qualicorp [QUAL3] despenca 13% após resultados fracos; dólar reage a dúvidas sobre governo Lula

qualicorp-ALEX-SILVA-ESTADAO

O Ibovespa opera em queda marginal nesta quarta-feira (09), limitado pelo avanço das ações da Petrobras [PETR3; PETR4] que oscilam em contraponto aos contratos futuros de petróleo.

O economista sênior do Itaú, Pedro Renault, disse acreditar que a PEC da Transição, destinada a acomodar o furo no teto de gastos, adicionou incertezas a um cenário de muita indefinição, após uma semana tranquila, em que o país respirava aliviado porque os questionamentos às eleições não se confirmaram e o câmbio ficou bem comportado.

Liderando as altas do índice, as ações da Gerdau [GGBR4] sobem mais de 5%, depois que a empresa reportou lucro líquido ajustado de R$ 3,03 bilhões no terceiro trimestre de 2022, em consonância com média do mercado, segundo o Prévias Broadcast. A alta também é sustentada pela aprovação de pagamento de dividendos na casa dos R$ 2,8 bilhões.

Com o conselho da Metalúrgica Gerdau [GOAU4] aprovando dividendos de R$ 237,78 milhões, os papéis também avançam 2,77%, enquanto o restante do setor de siderurgia e mineração recua.

Totvs [TOTS3] sobe 4%, dentre as maiores altas do Ibovespa, depois de ter reportado um Ebitda ajustado de R$ 258,4 milhões no terceiro trimestre de 2022, alta de 33% na mesma base comparativa. Tanto o Citi quanto o Itaú BBA consideraram os resultados positivos.

Também reagindo a resultados, Qualicorp [QUAL3] recua 13%, dentre as maiores baixas do Ibovespa, depois que a empresa reportou lucro líquido de R$ 49,2 milhões no terceiro trimestre de 2022, queda de 55,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

O Citi e o Itaú consideraram os resultados fracos, com o Bradesco BBI acrescentando que a tendência negativa para receitas e fluxo de caixa persiste.

Também na lista de maiores perdas, Bradesco [BBDC3; BBDC4] recua cerca de 10%, com investidores digerindo balanço do 3T22. O banco reportou lucro líquido recorrente de R$ 5,22 bilhões, uma queda de 22,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

O BTG Pactual considerou os resultados fracos e rebaixou a recomendação do papel para neutro. A XP Investimentos afirma que o aumento do guidance do Bradesco para provisões contra a inadimplência neste ano indica que os resultados devem continuar pressionados no quarto trimestre. Já o JPMorgan afirma que as perdas da tesouraria no trimestre, de R$ 1,2 bilhão, e as despesas com provisões, de R$ 7,3 bilhões, vieram muito acima do que a casa e o mercado esperavam. 

O dólar opera em alta firme, devido a um mercado mais comprador em meio à valorização externa da moeda americana e as dúvidas em relação aos planos fiscais e quem comandará a equipe econômica do novo governo. 

Além disso, as eleições de meio de mandato apertadas nos Estados Unidos e a expectativa pelo índice de inflação ao consumidor (CPI) do país influenciam no dólar.

O CPI, que será divulgado amanhã, poderá ter implicações nos próximos passos da política monetária do Federal Reserve. 

Ademais, a desaceleração da inflação ao consumidor na China no mês passado pesa na perspectiva de demanda por commodities e pressiona os preços do petróleo e minério de ferro para baixo hoje.

🇧🇷 Ibovespa -0,35% (115.754 pontos)

💵 Dólar +0,18% (R$ 5,15)

Cotações registradas às 12h50
 

Commodities

O petróleo opera em forte queda, reagindo aos dados mais fracos que o esperado da inflação na China e o avanço nos casos da Covid-19 no país. 

O quadro chinês sugere que os lockdowns no país pesam mais que o esperado na economia. Além disso, há expectativa pelo relatório semanal de estoques nos EUA, após o American Petroleum Institute (API) mostrar ontem crescimento de mais de 5 milhões de barris nos estoques, o que pode ser sinal negativo para a demanda americana. 

O minério de ferro encerrou em alta firme, seguindo a tendência do último pregão.

🛢 Brent -2,01% (US$ 93,44)

🛢 WTI -2,20% (US$ 86,58)

🇨🇳 Minério de ferro +2,62% (US$ 96,24)

Cotações registradas às 12h50; minério de ferro referente a Dalian

 

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?