Rali do minério atinge 50% com otimismo sobre demanda na China

Rali do minério atinge 50% com otimismo sobre demanda na China


(Bloomberg) — O minério de ferro deu continuidade à forte recuperação depois de atingir a mínima em 18 meses, impulsionado pelas medidas da China para apoiar o setor imobiliário em crise, o que melhora o cenário para a demanda.

Os futuros em Singapura subiram mais de 50% em apenas seis semanas. Autoridades da China incentivam bancos a financiar aquisições de projetos de incorporadoras em dificuldade financeira para que empresas do setor com as finanças em ordem comprem tais ativos. Além disso, instituições financeiras do país reduziram os juros pela primeira vez em 20 meses. E, no início do mês, a autoridade monetária da China reduziu o valor mínimo das reservas exigido para bancos com o objetivo de liberar crédito.

Os preços do minério de ferro são impulsionados pelo aumento da produção de siderúrgicas chinesas, que tiveram que reduzir muito os volumes no início deste ano.

“O melhor cenário para o setor imobiliário e infraestrutura adicionou combustível às expectativas de retomada da produção das usinas”, escreveu a Holly Futures em nota, acrescentando que o início do reabastecimento para o inverno também sustenta a demanda por minério, embora os controles ambientais ainda permaneçam.

Em Singapura, o minério de ferro chegou a subir 4%, para US$ 129,45 a tonelada, o maior nível desde meados de outubro, e era negociado a US$ 128,20 às 15h35 no horário local. Os futuros em Dalian avançaram 4,2%, enquanto o vergalhão de aço e a bobina a quente fecharam em baixa em Xangai.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?