Rodada de PMIs europeus mostra forte pressão inflacionária; PIB brasileiro fica no radar

chuttersnap-kyCNGGKCvyw-unsplash

As bolsas da Europa registram sinal negativo nesta quinta-feira (01), mantendo a fraqueza vista ao longo da semana, ainda em meio a preocupações sobre o impacto econômico de juros altos, e na esteira de dados fracos de manufatura na região. Os futuros de Nova York também operam em baixa, sugerindo que Wall Street estenderá as perdas dos quatro pregões anteriores em meio a temores persistentes sobre mais elevações de juros agressivas nos Estados Unidos. A agenda de hoje traz como destaque índices de atividade (PMIs) industrial dos EUA e participação em evento do presidente do Federal Reserve (Fed) de Atlanta, Raphael Bostic.

A última rodada de PMIs industriais mostra que a manufatura na Europa está sentindo fortemente as pressões inflacionárias e crise energética deflagradas pela guerra da Rússia na Ucrânia. Com PMIs abaixo de 50, que indicam contração da atividade, a manufatura está em seu pior momento em 26 meses na Zona do Euro e em 27 meses no Reino Unido.

O PMI industrial da Zona do Euro caiu de 49,8 em julho para 49,6 em agosto. A leitura definitiva ficou ligeiramente abaixo da estimativa preliminar do mês passado e também da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal (WSJ), de 49,7 em ambos os casos.

Enquanto isso, a taxa de desemprego do bloco reduziu, de 6,7% em junho para 6,6% em julho. O resultado de julho veio em linha com a expectativa de analistas consultados pelo WSJ. O resultado de junho, porém, foi revisado para cima, de 6,6% originalmente.

No Reino Unido, o PMI não apresentava contração econômica desde maio de 2020. O índice caiu de 52,1 em julho para 47,3 em agosto. A leitura definitiva, porém, ficou acima da estimativa preliminar de agosto e da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 46 em ambos os casos.

Na Alemanha, a manufatura também sofre, e ficou abaixo das expectativas de analistas consultados pelo WSJ. O PMI industrial caiu de 49,3 em julho para 49,1 em agosto, mas as vendas no varejo mostraram recuperação em julho, com alta de 1,9% em relação ao mês anterior.

As bolsas da Ásia fecharam em queda, após Wall Street acumular perdas pelo quarto pregão consecutivo, em meio a preocupações sobre novos aumentos de juros nos Estados Unidos.

Por aqui, é dia de resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre às 9h, e de repercutir mais uma possível queda dos combustíveis, antecipada por Bolsonaro em Curitiba, ontem à noite. “Eu acho que até sexta-feira vai ter uma boa notícia da Petrobras”.

Entre os presidenciáveis, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue com sua agenda no Norte do país, e participa de atos em Belém (PA). Ciro Gomes participa da entrega do plano “País pela Infância e Adolescência”, pela manhã, em São Paulo. À noite concede entrevista à CNN Brasil. Candidata pelo MDB, Simone Tebet, cumpre agenda no Rio Grande do Sul, onde encontra aliado e visita a Expointer.

Desempenho dos principais índices às 7h55:

🇺🇸 S&P Futures -0,73%

🇩🇪 DAX -1,41%

🇺🇸 Nasdaq -1,01%

🇬🇧 FTSE -1,42%

🇫🇷 CAC -1,49%

🛢 Petróleo Brent -2,44%

🛢 Petróleo WTI -2,36%

💵 Índice Dólar +0,39%

🇺🇸 S&P VIX +4,60%

🇧🇷 EWZ -0,59%

💰 Bitcoin -1,75%

💲 Ethereum -2,45%

 

 

(Com Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?