Superintendência do Cade aprova fusão entre Hapvida (HAPV3) e NotreDame Intermédica (GNDI3) sem restrições

Hapvida: Candido Junior renuncia a cargo de vice-presidente comercial


A Hapvida (HAPV3) anunciou na quarta-feira que a superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a fusão da companhia com a NotreDame Intermédica (GNDI3).

“A próxima etapa contempla a publicação do despacho e um período de 15 dias para eventuais manifestações do Tribunal do Cade”, afirmou a Hapvida no fato relevante.

A análise da superintendência concluiu que a combinação das duas empresas não prejudicaria a competitividade do mercado de planos privados de saúde no Brasil.

Os analistas de mercado destacaram a notícia como positiva.

Segundo o Itaú BBA, embora a aprovação do negócio fosse amplamente esperada pelo mercado, não era consenso que o Cade não imporia quaisquer remédios ao negócio (visto que existem alguns pequenos municípios nos quais ambas as empresas estão presentes).

Além disso, a aprovação sem restrições deve acelerar a conclusão da operação. A aprovação será definitiva em até 15 dias corridos a partir de sua publicação, caso não haja recursos de terceiros ou citações pelo tribunal do CADE durante esse período. “Antecipamos uma reação positiva do mercado para ambas as ações”, avaliam.

Cabe ressaltar que, em setembro, a Superintendência Geral da autarquia havia considerado o acordo de fusão como complexo, sendo necessárias novas diligências para aprofundar a análise.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?