Tecnologia ajuda a conectar financiadores e projetos sociais

Podcast Aqui Se Faz, Aqui Se Doa estreia segunda temporada


Um espaço para unir projetos sociais que precisam de investimentos e parcerias e empresas que buscam as melhores formas de aplicar seu dinheiro em ações confiáveis e que produzam impacto social mensurável. Essa é a base de plataformas como o Prosas, que ajudam a fazer a ponte entre estes dois lados com o uso da tecnologia.

“O propósito do Prosas é diminuir a distância entre empreendedores sociais e investidores sociais em um país com dimensões continentais”, contou Thiago Alvim, fundador e diretor-executivo do site em entrevista ao podcast Aqui se Faz, Aqui se Doa.

Trata-se de uma plataforma em que instituições públicas e privadas lançam chamadas públicas para financiamento de projetos. Desde 2015, quando foi criado, o Prosas já lançou quase 800 editais, e alcançou 133 mil usuários cadastrados.

Por conhecer os dois lados desta troca, Thiago identifica também seus principais gargalos, com destaque para a falta de confiança. “O Brasil é um país em que as pessoas não confiam nas empresas, as empresas não confiam nas organizações, as organizações não confiam no governo, enfim. Quase ninguém confia em ninguém. Quando uma empresa vê que outras empresas estão apoiando terceiros, ela se sente mais confiante de seguir com essa estratégia. Estamos compartilhando confiança”, disse.

Ele também apontou pontos de melhoria para as organizações que buscam financiamento: não se deixar pautar exclusivamente pela fonte de financiamento, se distanciando do seu propósito; prestar atenção aos prazos, sem deixar para se inscrever na última hora; e estudar os editais com atenção aos requisitos, para evitar gasto de tempo com preenchimento de propostas que não são adequadas.

“Eu sei o que eu sou, eu sei aonde quero chegar, e aí eu dialogo com quem pode financiar essa caminhada, e não o contrário”, defende.

O episódio também conversou com Raphael Mayer, sócio-fundador da Simbiose Social, plataforma com atuação semelhante ao Prosas, na qual é possível filtrar todos os projetos aprovados via leis de incentivo fiscal. Como desafio, ele identifica a questão da captação de recursos, já que a aprovação do projeto não garante seu financiamento.

“Hoje, 71% das organizações que são aprovadas com projetos aptos a receberem recursos incentivados não conseguem captar nenhum centavo. Isso não acontece por falta de recurso, necessariamente. Hoje, mais de 50% do recurso disponível na mão das empresas não são utilizados”, disse.

Assim como o Prosas, a Simbiose Social busca descentralizar os recursos, muitas vezes restritos às mesmas empresas e organizações, e dar visibilidade a projetos de todo o país. “Um dos maiores desafios que a gente tem hoje no mercado é romper esse ciclo vicioso e conseguir democratizar, levar mais recursos de forma espalhada no país, dando oportunidade para que organizações sociais, que não as mesmas concentradas nas grandes cidades, sejam beneficiadas por mecanismos como esses da gestão de recursos públicos”, concluiu.

(Por Vanessa Henriques)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?