Temor de recessão global cresce após altas de juros; Ibovespa segue aversão ao risco externa

ibovespa hj

O Ibovespa opera majoritariamente em baixa na sessão desta sexta-feira (16). O indicador engatou queda após testar alta na primeira hora de pregão, apresentando mínima intradiária de 103.297 pontos por volta das 10h50 da manhã. 

Destaque para a tentativa de valorização das ações da Petrobras, embora o petróleo Brent, barril de referência da petrolífera, apresente queda de 2% no exterior.  

No contexto local, os ativos apresentaram, de maneira tímida, certo alívio com o noticiário político de ontem. Investidores se apoiam na perspectiva de que o Senado não votará neste ano o projeto que modifica a Lei das Estatais e de que a tramitação da PEC de Transição enfrente dificuldades na Câmara.

No exterior, o recuo dos índices de ações permeia a faixa de 1%. De maneira geral, os investidores observam os riscos de desaceleração no crescimento das economias mundiais, o que reforça a volatilidade sobre as ações. 

Liderando as maiores perdas do Ibovespa, varejistas assumem tendência de queda. Natura [NTCO3] cai 2,79%, Braskem [BRKM5], 2,42%, e Magazine Luiza [MGLU3], 3,08%, pressionadas pela alta da curva de juros. 

Na ponta positiva, Marfrig [MRFG3] sobe 4,71%, enquanto Dexco [DXCO3] e Cemig [CMIG3] sobem 2,62%, e 1,88% respectivamente.  

O dólar renovou mínima cotado a R$ 5,27. A desvalorização da moeda reflete o ingresso de fluxo cambial na bolsa brasileira. A baixa liquidez também favorece a tendência.

🇧🇷 Ibovespa -0,84% (102.861 pontos)

💵 Dólar -0,82% (R$ 5,27)

Cotações registradas às 12h30

Commodities

O petróleo opera em queda, diante das preocupações com a demanda futura, em meio à alta de juros nas maiores economias do mundo para conter a inflação. 

O minério de ferro recuou 1,2% cotado em US$ 110,15 a tonelada. 

🛢 Brent -3,30% (US$ 78.47)
🛢 WTI -3,36% (US$ 73,56)
🇨🇳 Minério de ferro -1,2% (US$ 110,15)

Cotações registradas às 12h30; minério de ferro referente a Cingapura

 

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?