Tudo é investimento

Tudo é investimento


Texto originalmente enviado aos assinantes da newsletter Stock Pickers no sábado, 11 de dezembro de 2021. Para receber os próximos, clique aqui.

Ao ligar o computador e abrir o home broker, você tem a sua disposição um mercado de aproximadamente 4 trilhões de reais

São centenas de empresas que venceram as primeiras etapas de consolidação, fizeram o tão sonhado IPO (“abertura de capital”) e passam a ter suas ações disponíveis para qualquer investidor comprar ou vender.

Parece algo bem simples, mas até chegar o dia de bater o sino (apertar o botão atualmente) a jornada é extremamente complexa.

O caminho para criação e consolidação de um negócio, no Brasil, é árduo, mas pode se tornar mais fácil quando a empresa encontra alguém disposto a investir no negócio de forma direta – antes da abertura de capital.

Existem alguns fundos especializados nesse tipo de investimento atuando no mundo há bastante tempo e aqui no Brasil também. O trabalho de um gestor de private equity, no aspecto da procura de bons negócios, não é muito diferente de um gestor de bolsa, mas o fato das empresas não estarem listadas faz toda diferença.

Além de ter que encontrar uma boa empresa para investir, os fundos de private equity não conseguem simplesmente ir na bolsa e comprar uma fatia do negócio: a aquisição de uma fatia da empresa acontece entre o fundo e o dono da empresa.

Um caso recente de investimento dessa natureza e que foi extremamente bem sucedido no Brasil foi o da Zee Dog.

Criada em 2012 por dois irmãos brasileiros que sempre amaram cachorros, a Zee Dog passou por várias rodadas de investimento privado antes de ser adquirida pela Petz por R$ 715 milhões em agosto deste ano.

Quem nos contou essa história, no episódio #126, não foi ninguém menos do que um dos investidores da Zee Dog, Danilo Just Soares, da Treecorp. Just explicou detalhadamente como encontraram e enxergaram na Zee uma ótima oportunidade de investimento (confira aqui).

Apesar de ter características que tornam o investimento privado único e diferente das compra na bolsa, isso não é tão alternativo quanto procurar empresas com problemas para ganhar dinheiro.

E é isso que Alexandre Cruz, da Jive Investments, nosso outro convidado do episódio #126 faz há alguns anos.

“Nosso mandato é bastante amplo, mas ele precisa de uma situação especial que faça sentido para agregar valor. Geralmente procuramos oportunidades que aparecem em situações estressantes em que os passivos de uma empresa se tornam bem maiores do que os ativos e inicia-se uma discussão sobre recuperação judicial ou até mesmo falência”, comentou Cruz sobre o que a Jive faz.

Como os negócios que a Jive procura geralmente não estão em uma boa fase, negociar a aquisição envolve também garantias.

Numa dessas, a Jive aceitou um rebanho bovino como garantia num momento em que a gestora ainda não tinha muita experiência com agro como tem hoje.

Monitorando o rebanho de longe, através de sinal de satélite, os gestores estavam tranquilos até o não pagamento da primeira parcela da negociação. Isso fez com que fosse necessário ir buscar a garantia (os bois) numa fazenda bem no interior do país com uma ordem judicial.

Era preciso aparecer de surpresa para conseguir pegar os bois, porque o dono poderia escondê-los se ficasse sabendo que estavam indo buscar a boiada. E foi justamente o que aconteceu: o dono ficou sabendo e colocou o rebanho em outra fazenda para que eles não fossem achados.

Por um golpe de sorte, Cruz conseguiu encontrar e recuperar a garantia.

Isso pode parecer algo bem distante de quem está acostumado a apenas abrir o home broker para fazer comprar e vender, mas esse tipo de negócio se assemelha muito ao estilo de investimento que alguns value investors famosos faziam no começo de carreira.

Se você quiser saber mais sobre como funciona o mundo de private equity, investimentos alternativos e as cigar butts (“bitucas”), o episódio #126 está imperdível.

Assista agora (clique aqui).

Josué Guedes
CMO do Stock Pickers

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?