XP amplia uso do cartão de crédito para clientes com investimentos a partir de R$ 5 mil

XP amplia uso do cartão de crédito para clientes com investimentos a partir de R$ 5 mil


A XP Inc. (XPBR31) anunciou nesta segunda-feira (6) que clientes com investimentos a partir de R$ 5 mil na plataforma poderão ter acesso ao cartão XP Visa Infinite. Antes, só podiam usufruir aqueles com montante investido a partir de R$ 50 mil.

“Chegamos em um momento da companhia no qual sentimos que é adequado ampliar a base de clientes na linha da democratização, de oferecermos um cartão top de linha, que historicamente no mercado exige do investidor um mínimo de R$ 1 milhão para ter acesso. É uma questão de evolução natural do produto”, afirmou Bruno Constantino, CFO da XP Inc., durante coletiva de imprensa nesta segunda.

Lançado ao público em março deste ano, o cartão oferece anuidade zero e taxas de juros abaixo do mercado. No rotativo, a taxa média da XP é de 5,9% ao mês e no parcelado, de 3,9%.

Outro principal benefício é o chamado “investback”, que retorna 1% do valor de todas as compras pagas com o cartão para os consumidores na forma de investimento. O investback é automaticamente direcionado para um fundo com remuneração equivalente à taxa do CDI.

Dali, o valor pode ser resgatado, transferido para outros produtos ou ainda, gasto em novas compras em um marketplace criado pela instituição.

“Estamos em um momento em que as pessoas voltaram a viajar e temos recebido feedbacks de clientes que têm tido dificuldade em usar milhas para viajar; a pessoa junta os pontos e depois não consegue usar. Então o investback está fazendo mais sentido e dá mais flexibilidade para esse cliente, que pode usar o montante para o que quiser, seja resgatar ou aplicar em outro investimento na XP”, disse Ciro Moreira, head de cartões da XP, que também participou da coletiva.

Segundo ele, desde que o produto foi lançado o objetivo era ampliar o público-alvo. Além disso, não é preciso ser cliente por um tempo mínimo para ter acesso ao cartão.

Bruno Guarnieri, CTO da XP, afirma que houve evoluções na experiência do cartão ao longo dos últimos nove meses, desde NPS até uma melhoria na relação efetiva com os investimentos, como o perfil de gastos.

Em outras palavras, com a maior democratização do cartão, a ideia é oferecer ao cliente uma visualização do limite de forma que ele possa fazer uma melhor gestão de seus gastos, investir da melhor forma possível e evitar se endividar, por exemplo.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?