XP: Número de pessoas físicas na B3 cresce apesar de incertezas no mercado

hourglass-g1fecf97f2_1920

Apesar do momento incerto para os negócios, o número de investidores pessoa física (PF) segue crescendo de forma estável na Bolsa brasileira, destaca relatório da XP Investimentos. De maio para junho, houve um aumento de 56.881 PFs, ganho mensal de 1,1%, para um total de 5,186 milhões.

Contudo, os analistas Fernando Ferreira, Jennie Li e Rebecca Nossig, chamam atenção para o fato de que, quanto à posição desses investidores PFs, houve uma queda do valor total mensal de 7,8%, atingindo R$ 451,2 bilhões investidos. “Essa queda pode ser explicada pelo recuo do Ibovespa ao longo do último mês, em que o índice caiu 11,5%”, avaliam.

O saldo por investidor também sofreu uma baixa de 8,8% em relação a maio. Olhando a evolução desde 2017, quando o saldo atingiu seu pico, indo de R$ 267,7 mil por indivíduo em 2017 para os atuais R$ 87,0 mil, o recuo é de 67,5%. “De forma geral, essa redução no saldo por pessoa ao longo dos últimos anos indica uma crescente presença de pequenos investidores que estão iniciando seus investimentos em ações, o que vemos como um bom sinal, uma vez que mais brasileiros estão começando a investir na Bolsa”, ponderam Ferreira, Li e Nossig.

O relatório também lança luz sobre características etárias e de gênero de PFs na B3. Hoje, a maioria dos investidores encontra-se na faixa etária dos 26 a 35 anos, com 1.729.999 contas ativas em maio, representando 33,4% do total. Em seguida, vem a faixa de 36 a 45 anos, com 1.457.479 contas, equivalente a 28,1% do total.

“Segundo dados da B3, em 2013, a porcentagem de investidores entre 25 e 39 anos era de 19% contra 56% de investidores com mais de 60 anos. Recentemente, essa relação se inverteu, com pessoas com mais de 56 anos representando apenas 13,2% da Bolsa em maio. Isso sugere que o público mais jovem está cada vez mais cuidando de suas finanças, o que vemos com bons olhos”, afirmam os analistas.

Já o número de investidoras chegou a 1,237 milhão em junho, o que corresponde a 23,9% do total de PFs na B3. Apesar de uma representatividade ainda pequena, a quantidade de mulheres nesse universo vem crescendo em ritmo acelerado, com alta de 46,1% desde 2020. Ainda assim, esse valor é baixo em comparação com o número de investidores homens, que atingiu 3.948.465 em junho, equivalente a um aumento de 65,8% no mesmo período. Em relação ao mês anterior, porém, o número de mulheres subiu 1,4%, e o de homens, 1%.

 

(Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?