Bancos dão crédito a compromisso fiscal de Haddad e prolongam alívio no Ibovespa

Meio de pregão

O sinal de que o governo está comprometido com o ajuste fiscal, após reunião do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, com o setor de bancos, leva o Ibovespa a uma leve alta nesta sexta-feira (14). Ao mesmo tempo, o índice não demonstra muita firmeza, em meio ao desempenho negativo dos mercados do exterior e à expectativa pelo encontro de Haddad com banqueiros.

Ao final do encontro, o presidente da Febraban, Isaac Sidney, que participou da conversa, disse que o setor enxerga no ministro determinação e firmeza no ajuste fiscal, e que está disposto a contribuir com sugestões para o equilíbrio das contas públicas do Brasil. 

“Saímos convencidos de que Haddad está determinado ao diálogo, dentro do governo”, afirmou, completando que, neste sentido, o ministro vai precisar de apoio firme do governo, do Congresso e do empresariado. 

Apesar da alta, o Ibovespa caminha para fechar em queda pela quarta semana seguida. 

No cenário corporativo, as ações da Weg [WEGE3] avançam. O BNDES aprovou financiamento de R$ 58 milhões para o Plano de Investimento em Inovação da Weg Drives e Controls (WDC).

Simultaneamente, os papéis da Arezzo [ARZZ3] sobem. A companhia informou que a Westwood Global Investments adquiriu 5.670.920 ações ordinárias da empresa, representativas de 5,110% do capital social. A Westwood afirmou que não pretende adquirir o controle da Arezzo ou alterar sua estrutura administrativa.

Os ativos da Equatorial [EQTL3] também operam em alta, depois da empresa informar que a Atmos Capital aumentou sua participação na empresa para 5,51% das ações ordinárias emitidas.

Ao mesmo tempo, as ações da Braskem [BRKM5] avançam, após a empresa firmar acordo de investimento com a Solví Essencis Ambiental e a GRI – Gerenciamento de Resíduos Industriais para transferir suas ações da Cetrel para a GRI.

Já no setor das siderúrgicas, os papéis da Usiminas [USIM5] e CSN [CSNA3] operam em alta, enquanto os da Vale [VALE3] e Gerdau [GGBR4;GOAU4] caem, de olho nas preocupações com a demanda e os altos estoques portuários na China, principal mercado consumidor da commodity.

Fora do Ibovespa, os ativos da Dasa [DASA3] avançam, após a empresa confirmar acordo de associação com a Amil para joint venture com 25 hospitais e receita de R$ 9,9 bilhões.

Por outro lado, as ações da Oi [OIBR3] caem quase 2%. A companhia anexou ao seu processo de recuperação judicial a minuta do edital para a venda da sua operação de banda larga, a Oi Fibra. A abertura das propostas vai ocorrer em audiência programada para 17 de julho.

🇧🇷 Ibovespa +0,14% (119.733 pontos)

💵 Dólar -0,15% (R$ 5,37)

Commodities

Os contratos futuros do petróleo operam sem direção única. O movimento dos últimos dias é em parte um ajuste, após a onda de vendas provocada pela reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) de 2 de junho.

Na bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência de julho avançou mais de 1,2%.

🛢 Brent/Ago +0,09% (US$ 82,76)

🛢 WTI/Julho -0,01% (US$ 78,58)

🇸🇬 Minério de ferro +1,26% (US$ 107,75)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?