Bolsas da Ásia fecham mistas, após promessa de estímulos na China e depoimento de Powell

34459188-B833-45D7-8D09-19C9D0B948A1

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única nesta quinta-feira (23). Os índices da China e Hong Kong subiram, apoiados por promessas de estímulo econômico, enquanto as demais monitoraram o discurso de Jerome Powell no Congresso americano.

O governante da China, Xi Jinping, disse ontem que Pequim vai fortalecer ajustes na política macroeconômica e adotar outras medidas, como parte do empenho para atender metas de desenvolvimento econômico e social estabelecidas para este ano e minimizar os impactos da pandemia de Covid-19.

Em discurso na cúpula virtual do Brics 2022, Xi reiterou que a China seguirá aperfeiçoando o processo de reabertura e vai incentivar um ambiente de negócios baseado em princípios de mercado, gerido por leis e em linha com padrões internacionais.

De acordo com a agência de notícias estatal chinesa Xinhua, o líder chinês também pediu solidariedade e cooperação para sustentar uma recuperação econômica global ameaçada pela pandemia e por desafios de segurança, ressaltando que “a crise da Ucrânia mais uma vez fez soar o alarme para a humanidade”.

O índice de Xangai interrompeu uma sequência de três pregões negativos diante das notícias, com desempenho seguido de perto pelo Hang Seng.

Já o índice japonês conseguiu fechar em alta marginal, apoiado por ações de seguradoras. Por outro lado, o sul-coreano ampliou a mínima de 19 meses, pressionado por ativos dos setores de transporte marítimo e construção.

O depoimento de Jerome Powell ao Congresso dos EUA contribuiu para alimentar a aversão ao risco. O presidente do Fed afirmou ontem que uma recessão econômica era possível e que um “pouso suave” da economia seria “muito desafiador”. Powell prossegue com o testemunho nesta quinta-feira, a outro grupo de legisladores.

🇨🇳 Shanghai +1,62% (3.320,15)

🇯🇵 Nikkei +0,08% (26.171,25)

🇭🇰 Hang Seng +1,26% (21.273,87)

🇰🇷 Kospi -1,22% (2.314,32)

 

Com informações do Dow Jones Newswires e da Agência Estado.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?