Empresas em ação: Fique de olho em Iguatemi (IGTI11), 3R (RRRP3), Raízen (RAIZ4) e outras

blur-gf7f2c2f88_1920

Entre os destaques corporativos desta quarta-feira (03), a Iguatemi (IGTI11) prestou esclarecimentos sobre notícia veiculada pela Reuters, a Méliuz (CASH3) alterou a data de divulgação dos resultados do 2T22 e a ANP aprovou a transferência dos contratos de concessão do Polo Peroá da Petrobras (PETR3; PETR4) à 3R (RRRP3).

Além disso, as publicações legais da Ser Educacional (SEER3) passarão a ser divulgadas em um novo veículo, a Raízen (RAIZ4) firmou uma parceria com a ASR Group, a Dexxos (DEXP3; DEXP4) informou a data de divulgação do ITR e o CFO da Cielo (CIEL3) encerrou seu ciclo de gestão na empresa após mais de três anos no cargo.

Iguatemi (IGTI11) 

A Iguatemi prestou esclarecimentos sobre notícia veiculada pela Reuters. Na matéria postada ontem (02), o jornal afirma que a Iguatemi está avaliando vender sua participação na Infracommerce (IFCM3), que teria voltado a pressionar o resultado contábil da gestora de shopping centers no segundo trimestre, embora o desempenho operacional tenha ficado dentro do esperado pelo mercado.

Em comunicado, a gestora comunicou que, em dezembro de 2019, investiu em um fundo que adquiriu participação na Infracommerce, apresentado
em todos os balanços trimestrais desde então. E que, a preços de mercado atuais, o investimento indireto na empresa de infraestrutura de software para comércio eletrônico ainda representa um ganho relevante em relação ao seu custo.

A Iguatemi também afirmou não existir qualquer discussão ou plano para abandonar sua participação na Infracommerce e que a companhia mantém seu compromisso com a transparência.

Méliuz (CASH3)

A Méliuz alterou a data de divulgação dos resultados do segundo trimestre de 2022, que será realizada no dia 15 de agosto, após o fechamento do mercado.

Ser Educacional (SEER3)

As publicações legais da Ser Educacional passarão a ser divulgadas no jornal Diário de Pernambuco. A empresa também publica no Jornal do Commercio e no Valor Econômico.

3R (RRRP3)

A ANP, Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, aprovou a transferência dos contratos de concessão do Polo Peroá da Petrobras (PETR3; PETR4) à 3R Petroleum. O valor total da transação é de US$ 55 milhões e a empresa assumiu ontem (02) a operação do ativo.

Em comunicado, a Petrobras confirmou a venda do polo.

Raízen (RAIZ4)

A Raízen firmou uma parceria com a ASR Group, maior refinador e comercializador de açúcar do mundo, com o objetivo de criar a primeira cadeia global de fornecimento e comercialização de açúcar bruto 100% rastreável, produzido a partir da cana de açúcar não modificada geneticamente, que abrange desde a plantação da cana até o açúcar bruto que chega à refinaria.

Como parte do processo, a Raízen tornou-se a primeira empresa do setor sucroenergético a receber a certificação da FoodChain ID, empresa americana pioneira na indústria de identificação de alimentos geneticamente modificados.

Dexxos (DEXP3; DEXP4)

A Dexxos divulgará, antes do início do pregão do dia 11 de agosto de 2022, o formulário de informações trimestrais – ITR da empresa referente ao trimestre finalizado em 30 de junho de 2022.

Cielo (CIEL3)

O CFO da Cielo encerrou seu ciclo de gestão na empresa após mais de três anos no cargo. Gustavo Sousa será substituído por Renata Andrade Daltro dos Santos, vice-presidente comercial de grandes contas desde novembro de 2020.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE