Fique de olho em Banco Modal (MODL3), WEG (WEGE3), Gafisa (GFSA3) e outras

austin-distel-EMPZ7yRZoGw-unsplash (1)

Entre os destaques corporativos desta terça-feira (27), o Hermes Pardini (PARD3) estabeleceu prazo para se pronunciar sobre a fusão com o Fleury (FLRY3), que fechou contrato para compra da Retina Clinic. Já a Melnick (MELK3) fechou parceria com quatro incorporadoras para o desenvolvimento de novos empreendimentos.

Localiza (RENT3) e Banco ABC (ABCB4) aprovaram distribuição de juros sobre capital próprio (JCP), enquanto a WEG aprovou investimentos de R$ 660 milhões para os próximos três anos.

Gafisa (GFSA3), Modal (MODL3) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) comunicaram reajustes de participação feitos por gestoras de fundos. 

Hermes Pardini (PARD3)

O Instituto Hermes Pardini estabeleceu o prazo de 30 de setembro para reconsiderar ou ratificar a operação de combinação de negócios com o Fleury (FLRY3), aprovada em AGE em 18 de agosto. O prazo para os acionistas do Hermes Pardini se manifestarem sobre a operação terminou em 22 de setembro. 

Fleury (FLRY3)

O Fleury celebrou  contrato de compra e venda de quotas para aquisição de 100% das quotas de emissão das unidades da cidade de São Paulo da Retina Clinic por meio de sua subsidiária integral Fleury Centro de Procedimentos Médicos Avançados.

A sociedade é um renomado centro de serviços clínicos e atividade médica oftalmológica ambulatorial especializado em consultas e exames no setor de retina, e tratamentos em patologia no segmento posterior do olho. Sua receita bruta atingiu R$ 23,4 milhões em 2021. 

Alinhada com a estratégia da Fleury de ampliar seu ecossistema de saúde, a aquisição reforça a presença em soluções integradas de serviços médicos no segmento oftalmológico e na expansão das clínicas oftalmológicas do Grupo Fleury. Hoje, a Retina Clinic atua em parceria com a Clínica de Olhos Moacir Cunha. 

Na data de fechamento, a Fleury pagará o valor de R$ 21 milhões pela aquisição da sociedade. A conclusão da transação está condicionada a determinadas condições precedentes.

Melnick (MELK3)

A Melnick comunicou o estabelecimento de parcerias com quatro incorporadoras, visando desenvolvimento de empreendimentos imobiliários residenciais com foco nos segmentos de médio e alto padrão, na região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e uma na cidade de Curitiba, no Paraná.

A companhia projeta um valor geral de vendas (VGV) bruto potencial de até R$ 600 milhões para esses empreendimentos, sendo R$ 270 milhões relativos à participação da Melnick. 

A implementação dos empreendimentos está sujeita a condições típicas de negócios dessa natureza. Com tais parcerias, a Melnick avança em sua estratégia de negócios, visando aumento de lucro e rentabilidade aos acionistas. 

A empresa também comunicou que promoverá evento com investidores e analistas (investor day) em 27 de setembro, às 9h, onde serão apresentados mais detalhes da estratégia da companhia.

Localiza (RENT3)

O conselho de administração da Localiza aprovou o crédito e pagamento aos acionistas de juros sobre o capital próprio no valor bruto de R$ 346.205.536,73. O valor bruto por ação dos JCP a serem pagos é equivalente a R$ 0,35.

O pagamento ocorrerá em 9 de novembro de 2022. Farão jus ao pagamento os acionistas da companhia em 28 de setembro, sendo que as ações, a partir do dia seguinte, serão negociadas na bolsa de valores “ex” esses juros sobre o capital próprio.

Banco ABC (ABCB4)

O Banco ABC deliberou autorizar a aprovação de novo programa de recompra de ações, para fins de permanência em tesouraria e posterior alienação ou cancelamento, sem redução do capital social. O prazo máximo para realização das operações autorizadas será de 18 meses, tendo como termo final o dia 26 de março de 2024, até o limite de 6.700.000 ações preferenciais.

Além disso, o conselho de administração aprovou a distribuição de juros sobre o capital próprio referente ao 3º trimestre de 2022 no valor bruto total de R$79.942.565,39, que representa um valor bruto de R$ 0,3620 por cada ação ordinária e cada ação preferencial.

O crédito dos juros sobre o capital próprio ocorrerá em 13 de outubro e considerará a posição acionária de 30 de setembro. A partir de 1º de outubro, as ações de emissão da companhia serão negociadas “ex” direitos a juros sobre capital próprio.

WEG (WEGE3)

A WEG investirá R$ 660 milhões, ao longo dos próximos três anos, na expansão da capacidade de produção de motores industriais e de tração elétrica no Brasil. 

A empresa informou que, além da ampliação dos prédios de fabricação de componentes e de logística de exportação, também será construída uma nova fábrica dedicada a motores industriais e principalmente motores para atender o segmento de mobilidade elétrica. 

O projeto será realizado no parque fabril de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, cidade sede da companhia, e aumentará em até 25% a atual capacidade produtiva de motores industriais da WEG. 

O cronograma dos investimentos prevê a conclusão da nova fábrica de motores industriais e tração no 1º trimestre de 2024. O plano de investimentos inclui ainda a atualização e modernização das fábricas de componentes e logística já existentes, totalizando uma ampliação de aproximadamente 23.000 m² de área construída.

Gafisa (GFSA3)

A Gafisa informou ter recebido notificações de aquisição de participação relevante do JP Morgan Chase, que informou que fundos sob a sua gestão atingiram 2.168.575 ações de emissão da companhia, posição equivalente a 5,72% do capital social da Gafisa.

O JP Morgan informou que a participação não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da companhia, se enquadrando em sua política de investimento.

Banco Modal (MODL3)

O Banco Modal comunicou ao mercado em geral que recebeu, em 26 de setembro, correspondência da Vinland Capital, informando que, através da conversão da totalidade de ações preferenciais emitidas pela companhia em ações ordinárias, passou a deter, em conjunto, 35.210.800 MODL3, passando a representar, isoladamente, 5% o total de ações ordinárias emitidas pela companhia. 

Metalúrgica Gerdau (GOAU4)

A Metalúrgica Gerdau recebeu comunicado da BlackRock informando sobre diminuição de participação acionária na empresa. A BlackRock passou a deter 4,96% do total de ações preferenciais emitidas pela companhia.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?