Ibovespa fecha em queda, ainda pressionado por CPI dos EUA

business-g7a6862988_1920

O Ibovespa fechou em queda nesta quarta-feira (14), com alguns ajustes pontuais após a queda generalizada de ontem. Apesar dos números do índice de preços ao produtor (PPI) nos Estados Unidos terem apresentado um certo alívio para os investidores, o foco do mercado continua no índice de preços ao produtor (CPI) acima das expectativas, que praticamente confirma a manutenção de uma postura mais agressiva do Fed nas altas de juros de setembro e dezembro.

Hoje, o IBGE divulgou a Pesquisa Mensal de Comércio, que registrou um recuo de 0,8% no volume vendido em julho ante junto no varejo. O resultado pressionou os papéis do setor, que figuraram entre as maiores altas do índice. O dia foi de volume acima do registrado nos últimos pregões, marcando R$ 39,9 bilhões.

O dólar fechou em queda, com leve correção após a alta de ontem. A divulgação do índice de preços ao produtor (PPI), com deflação de 0,1%, trouxe certo alívio aos mercados, após o cenário de aversão ao risco gerado pelos dados do índice de preços ao consumidor (CPI). O movimento da moeda no exterior também foi de queda.

📊 Ibovespa 110.546,67 pontos (-0,22%)
💰 Volume R$ 39,9 bilhões
💵 Dólar R$ 5,1782 (-0,18%)

A maior alta da sessão ficou com a Petz (PETZ3), que, se distanciando das demais varejistas, avançou 6,53%. A companhia contratou Massanori Shibata, ex-Intermédica, para o cargo de vice-presidente de serviços, o que foi visto positivamente pelo mercado. Além disso, a empresa comunicou que a Atmos Capital aumentou sua participação para cerca de 5% de seu capital.

A Natura (NTCO3) seguiu a mesma linha e subiu 3,72%, em meio a notícias de que estão sendo realizados estudos para discutir a reestruturação da companhia.

As petrolíferas também se destacaram positivamente, na esteira dos ganhos da commodity no mercado internacional, recuperando parte das perdas de ontem. Os papéis ON da Petrobras (PETR3) subiram 1,23%, enquanto os PN (PETR4) avançaram 1,53%. 3R Petroleum (RRRP3) teve alta de 3,72%, enquanto a PetroRio (PRIO3) foi o terceiro maior avanço do índice hoje, com 5,11%.

A Iguatemi (IGTI11) também avançou, em movimento motivado pelo anúncio de um follow-on de R$ 500 milhões, que pode totalizar R$ 825 milhões em lote adicional. Os papéis da companhia fecharam em alta de 5,57%.

Do lado negativo do índice, boa parte do setor de varejo figurou entre as maiores baixas, com destaque para Magazine Luiza (MGLU3), com 5,60%. Para a equipe de research da Ativa Investimentos, os dados de queda das vendas do setor em julho registrados na Pesquisa Mensal de Comércio do IBGE pressionam o papel. Via (VIIA3) e Americanas (AMER3) recuaram 3,55% e 2,11%, respectivamente.

As mineradoras e siderúrgicas também recuaram na sessão, em linha com a queda de 0,69% do minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian, e pressionaram o índice. A Vale (VALE3) recuou 1,83%, enquanto Gerdau (GGBR4) e CSN (CSNA3) caíram 3,72% e 3,91%, respectivamente.

O IRB Brasil (IRBR3) segue em trajetória de desvalorização. Hoje, o papel foi a maior queda do índice, com 5,60%, pressionado por preocupações com o efeito da inflação dos Estados Unidos sobre a alta de DIs. Além disso, o analista Matheus Jaconeli, da Nova Futura, destaca que um pedido de indenização de R$ 807,43 mil de um acionista, motivado por perdas geradas pela queda dos ativos, também colabora para o recuo das ações da resseguradora.

⬆️ Maiores Altas do Ibovespa

🟢 PETZ3 +6,53%
🟢 IGTI11 +5,57%
🟢 PRIO3 +5,11%

⬇️ Maiores Baixas do Ibovespa

🔴 IRBR3 -5,60%
🔴 MGLU3 -4,89%
🔴 CSNA3 -3,91%

(Com Agência Estado, BDM Online e Reuters)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?