Ibovespa tem recuperação parcial, acompanhando flexibilização na China e com balanços trimestrais no radar; mineradoras e siderúrgicas se destacam

business-5475664_960_720

O Ibovespa recuperou parte das perdas de ontem e fechou em alta nesta sexta-feira (11). Notícias a respeito de um possível alívio das restrições relacionadas à Covid-19 na China deram fôlego a papéis de commodities, que aceleraram os ganhos do índice. A forte valorização do minério de ferro impulsionou as mineradoras e siderúrgicas, que estiveram entre os maiores avanços do dia. Além disso, o mercado segue reagindo às divulgações de balanços corporativos referentes ao 3T22.

As declarações do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, reiterando o compromisso com o equilíbrio fiscal foram bem recebidas, após as incertezas relacionadas à política econômica do novo governo e à PEC de Transição “assustarem” os investidores, que seguem aguardando a definição do nome para o Ministério da Fazenda por Lula.

De acordo com Rodrigo Jolig, da Alphatree, a esperança era de que a nova administração se mostrasse mais “moderada”, porém, os nomes selecionados para a equipe de transição indicaram justamente o contrário, o que potencializou o cenário de aversão ao risco.

O dólar fechou em queda, corrigindo parte da forte alta registrada na sessão de ontem, em meio a preocupações com a situação fiscal no contexto da transição de governo. A alta das commodities e a continuidade do enfraquecimento da moeda americana no exterior favoreceram o movimento, enquanto, no plano doméstico, o discurso de Campos Neto tranquilizou os investidores.

Além disso, de acordo com alguns operadores, os investidores aproveitaram o cenário mais positivo para realizar os lucros dos últimos dias, por considerarem a alta de 4,41% de ontem um certo “exagero” do mercado.

📊 Ibovespa 112.253,49 pontos (+2,26%)
💰 Volume R$ 49,5 bilhões
💵 Dólar R$ 5,3337 (-1,17%)

A CSN [CSNA3] disparou 16,81% e liderou os ganhos do dia, na esteira da valorização da commodity de referência no mercado internacional. Entre seus pares, Usiminas [USIM5] e Gerdau [GGBR4] subiram 10,58% e 9,00%, respectivamente, enquanto a Vale [VALE3], com grande peso de negociação no índice, teve alta de 10,40%.

Além da própria valorização do minério, a possibilidade de alívios nas restrições relacionadas ao controle da Covid-19 na China aumenta o otimismo em relação aos papéis de mineradoras e siderúrgicas, por reduzir preocupações com a demanda no futuro.

Também entre os maiores avanços, a JBS [JBSS3] teve alta de 11,92%, com o mercado reagindo positivamente ao lucro líquido de R$ 4,01 bilhões apurado pela companhia no 3T22. O BTG Pactual considerou o número “acima das expectativas” e reiterou recomendação de compra para o papel.

Apesar do EBITDA abaixo das estimativas, a Minerva [BEEF3] subiu 10,49%, também favorecida pela possível flexibilização na China.

Entre as petrolíferas, Petrobras ON [PETR3] e PN [PETR4] avançaram 3,40% e 3,33%, respectivamente, enquanto PetroRio [PRIO3] teve ganhos de 3,06%. Os papéis foram impulsionados pela valorização da commodity de referência no mercado internacional. A 3R Petroleum [RRRP3] teve alta mais modesta, de 0,05%.

O setor bancário teve desempenho misto, com o Itaú [ITUB4] caindo 3,22% após divulgar lucro líquido gerencial de R$ 8,08 bilhões no 3T22, alta anual de 19,2%. Apesar do resultado ter vindo em linha com estimativas, os papéis cederam após testarem o terreno positivo ao longo da manhã.

Entre seus pares, o Banco do Brasil [BBAS3] teve queda de 2,23%, enquanto Bradesco PN [BBDC4] e Santander [SANB11] testaram recuperação, subindo 1,68% e 2,27%, respectivamente.

Do lado negativo, a Magazine Luiza [MGLU3] foi o principal destaque, despencando 13,07%. Ontem, a companhia divulgou seus resultados do 3T22, com prejuízo líquido ajustado de R$ 146 milhões, número pior do que o consenso Bloomberg para o indicador, que havia ficado em R$ 118,2 milhões.

Outros papéis entre as maiores baixas do dia, Locaweb [LWSA3], Cogna [COGN3] e B3 [B3SA3] também tiveram reação negativa após publicarem seus balanços e registraram quedas de 9,82%, 5,68% e 5,48%, respectivamente.

O IRB Brasil [IRBR3] recuou 4,65%, pressionado pelo prejuízo líquido de R$ 298,7 milhões apurado no 3T22, praticamente dobrando o valor registrado no mesmo período no ano passado.

⬆️ Maiores altas do índice

🟢 CSNA3 +16,81%
🟢 JBSS3 +11,92%
🟢 USIM5 +10,58%

⬇️ Maiores baixas do índice

🔴 MGLU3 -13,07%
🔴 LWSA3 -9,82%
🔴 COGN3 -5,68%

(Com Agência Estado e BDM Online)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?