M. Dias Branco (MDIA3): vale a pena investir? Filipe Borges, da Benndorf, explica o desempenho da ação

various-cookies-in-a-wooden-tray (1)

O mercado de commodities não é uniforme. Enquanto as grandonas da bolsa – a saber, Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3; PETR4) – acompanham diretamente o preço do petróleo e do minério de ferro, respectivamente, a empresa M. Dias Branco (MDIA3) segue o caminho oposto. Tanto por estar fora do Ibovespa quanto por ir na direção inversa da commodity de referência: trigo.

Com o início do conflito russo-ucraniano, o trigo disparou e a ação foi pelo caminho contrário. Com o barateamento do grão, as ações da empresa encerraram na última sexta-feira (15) a quarta semana consecutiva de alta.

Em julho, a empresa do setor de alimentos – como bolos e biscoitos -, acumula mais de 16% de valorização. Em termos comparativos, no mesmo mês, o Ibovespa alcançou a pior pontuação desde 3 de novembro de 2020, a 95.979 pontos na última quinta-feira (14).

Filipe Borges, analista da Benndorf Research, explica que BRF (BRFS3) e Ambev (ABEV3) também se beneficiam da desvalorização das commodities agrícolas – não apenas o trigo, como também óleo de palma e milho. Contudo, ele ressalta não ter uma ação preferida dentre as três mencionadas.

Desempenho de MDIA3 no gráfico semanal

Em retrospecto, o preço do trigo disparou entre janeiro de 2020 e abril de 2022. O salto da cotação se deu pela combinação de três importantes fatores: a pandemia do coronavírus, a inflação das commodities e a perda de dois grandes fornecedores, Rússia e Ucrânia, devido à guerra no Leste Europeu.

No ano passado, o mercado do grão retraiu em 1,5% comparado a 2020, principalmente por conta do período pandêmico. Entretanto, em relação a 2019, um ano antes da pandemia de Covid-19, houve crescimento de 3%.

Apesar de apresentar alta quando comparado a patamares históricos, nos últimos dois meses, o preço do trigo registrou quedas significativas. Julho registra queda de 11,71%, após um tombo de 18,75% no mês anterior.

Para os próximos meses, a indústria de biscoitos, massas e pães e bolos industrializados prevê encerrar 2022 com elevação de 1% do volume de vendas, de acordo com divulgação da Agência Brasil. Apesar da estimativa aparentemente pequena quando comparada ao aumento de 6% em 2020, os líderes das corporações demonstram satisfação com os possíveis resultados.

Desempenho de MDIA3 no gráfico mensal

Entretanto, Filipe Borges não compartilha de otimismo imediato. Na análise gráfica, ele explica que as ações da M. Dias Branco seguem em tendência negativa no gráfico semanal e ameaça romper o canal de baixa. “Temos como resistência principal R$38,40 e suportes em R$21,90 e R$18,70”.

Da perspectiva mensal, ele aponta suporte em R$ 16. “Mesmo que rompa a última resistência, não enxergamos reversão positiva na ação até o momento”. Ele recomenda aguardar algumas semanas para avaliar compras do ativo.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE