Os 3k’s: Superintendente da ABAAI explica o que todo assessor de investimentos deve ter

DSC05283

Em evento de lançamento do livro “Aleph de finanças e riscos”, realizado ontem (19) pela BRA, escritório de investimentos credenciado à XP, e conduzido pelo TradeNews, o Superintendente da Associação Brasileira de Agentes Autônomos de Investimento (ABAAI), Francisco Amarante, revelou o que considera ser o caminho para alcançar bons resultados como profissional do mercado de capitais. 

Durante o encontro, que contou com a participação de Carlos Cova, autor do livro, professor universitário e consultor financeiro, os convidados conversaram sobre as lacunas educacionais na área, apresentaram a nova obra de Cova e deram conselhos para o ingresso profissional no setor financeiro.

Francisco revelou o que chamou do métodos dos 3k’s. Cada um deles se refere a um pilar que o aspirante a assessor de investimentos deve analisar e avaliar minuciosamente para obter sucesso na profissão.

O primeiro k

O primeiro pilar a ser observado é o capital intelectual. Francisco conta que um bom profissional da área precisa valorizar a educação e o acúmulo de conhecimento para saber lidar com maestria em cada momento do mercado.

“Qual é a formação que essa pessoa tem? Qual é a importância para educação que essa pessoa dá? A pessoa, quando é convidada para participar do mercado de capitais, seja a atividade que for, […] ela tem ciência de que ela precisa passar por um processo de certificação. Como é que ela vê esse processo de certificação?”

Ele ainda comenta que é preciso entender o verdadeiro valor da certificação para o profissional. Para o Superintendente, é necessário reconhecer esse processo como uma etapa de acúmulo de informações que irão alicerçar toda a sua caminhada profissional.  “Ela [a pessoa] entende isso como um passaporte para entrar nas minas do Rei Salomão […] ou ela entende que essa certificação é o pontapé inicial que vai dar condições para que ela adentre em uma jornada eventualmente promissora?”

Carlos e Francisco também reforçaram, durante o evento, a inevitabilidade do aprendizado regular para a sustentação dessa jornada. “Eu acrescentaria a necessidade de uma educação continuada, multidisciplinar e interdisciplinar. Um profissional de mercado não pode ficar restrito há determinadas áreas. O mercado é um sistema orgânico adaptativo. Ninguém conhece o mercado porque ele é maior que a nossa capacidade de compreendê-lo. Contudo, nós podemos interpretá-lo a partir de alguns sinais”, disse o autor do livro “Aleph”.

O segundo k

Outro âmbito a se observar, segundo Francisco, é o capital financeiro. Ele diz ser essencial entender que a remuneração não é instantânea e, por isso, é preciso uma reserva.

Eu acho que é muito importante que o profissional saiba que, antes dele adentrar nas minas do Rei Salomão […], ele vai ter que acordar cedo. Ele vai ter que abdicar de muitas coisas. Ele não vai ter uma remuneração de imediato”. O Superintendente da ABAAI ainda acrescenta que “é importante que a pessoa saiba quais são suas condições e sua reserva financeira para aguentar o tranco, porque não é fácil”.

O profissional ainda alerta sobre as falsas promessas na internet e a venda de ideais inalcançáveis. “Tomem muito cuidado com os youtubers que ficam promovendo cursos de ‘fique rico do dia pra noite’. O grande segredo de ficar rico do dia para a noite é que não existe segredo. Você não fica rico do dia para a noite”.

O terceiro k

Por último, Francisco Amarantes fala sobre o capital social. O elemento se refere aos relacionamentos criados pelo profissional de finanças: o tão conhecido networking. Ele acredita que para lidar com a área, é inevitável ter a habilidade de socialização para encontrar oportunidades e contatos enriquecedores, além de trocar conhecimentos e experiências com outros atuantes da área.

“Ele [o sucesso] está muito vinculado ao terceiro k, o capital social. A pessoa, para ter sucesso na atividade de assessoria de investimentos, ela precisa necessariamente ser uma pessoa de relacionamento”.

Assista ao bate-papo na íntegra:

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE