Bolsas da Ásia fecham em baixa, apesar de resultado positivo de PMIs da China

FFBEC244-C500-4C03-91FC-EA25B20C0D8F

As bolsas da Ásia fecharam em queda nesta quinta-feira (30), à exceção do índice de Xangai, que subiu diante de novos dados da economia da China. Os demais índices sucumbiram novamente aos temores de recessão nos EUA.

A atividade econômica chinesa voltou a se expandir, diante do relaxamento da política “Covid-zero” do país. O PMI do setor de serviços subiu para 54,7 em junho, após três meses seguidos de queda e no maior nível desde maio do ano passado. A retomada das construções foi um dos impulsos para a recuperação do setor, assim como o fim das restrições sobre o transporte público, lojas e restaurantes da segunda maior economia do mundo.

A atividade industrial chinesa também voltou a crescer, mas com impulso menor que o esperado. O PMI da indústria registrou 50,2 na leitura de junho, acima dos 49,6 do mês anterior, mas abaixo da projeção de 50,5, feita por analistas consultados pelo Wall Street Journal.

Leituras acima de 50 indicam expansão da atividade econômica.

🇨🇳 Shanghai +1,10% (3.398,62)

🇯🇵 Nikkei -1,54% (26.393,04)

🇭🇰 Hang Seng -0,62% (21.859,79)

🇰🇷 Kospi -1,91% (2.332,64)

 

Com informações do Dow Jones Newswires

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?