Fique de olho em Petrobras (PETR3; PETR4), Padtec (PDTC3), 3R Petroleum (RRRP3) e outras

firmbee-com-dAmHWsRYP9c-unsplash

Entre os destaques corporativos desta sexta-feira (14), Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou data de divulgação do relatório de produção e vendas e de desempenho financeiro do 3T22, Padtec (PDTC3), em conjunto com empresas de tecnologia e de telecom, instalou uma luminária 5G inteligente na Prefeitura de Campina Grande (PB), 3R Petroleum (RRRP3) divulgou dados de produção preliminares de setembro, e a S&P reafirmou os ratings da Iochpe-Maxion (MYPK3).

CPFL Energia (CPFE3) iniciou uma parceria entre a empresa CPFL Soluções e a concessionária Allegra Pacaembu para o projeto de eficiência energética do Pacaembu, Brisanet (BRIT3) publicou os dados operacionais de setembro, e Marfrig (MRFG3) prestou esclarecimentos sobre notícia intitulada “Marfrig prepara CRA de R$ 1 bilhão para compra de gado”.

Além disso, Westwing (WEST3) recebeu comunicação da Must sobre alienação de participação relevante, Eletrobras (ELET3; ELET5; ELET6) liberou atualizações acerca da ação de execução ajuizada pela Eagle Equity, e Mitre (MTRE3) divulgou sua prévia operacional referente ao mês passado. 

Grupo SBF (SBFG3) anunciou a renúncia do diretor da companhia, assim como International Meal Company (MEAL3) comunicou a renúncia da diretora sem designação específica da companhia.

Azevedo e Travassos (AZEV3) assinou contrato com a Autopista Litoral Sul, B3 (B3SA3) celebrou contrato para compra da Datastock, Helbor (HBOR3) publicou resultados operacionais preliminares do 3T22, e EspaçoLaser (ESPA3) reforçou as principais condições para o exercício do direito de subscrição de sobras.

Petrobras (PETR3; PETR4)

A Petrobras divulgará seu relatório de produção e vendas do 3T22 no dia 24 de outubro e o seu relatório de desempenho financeiro do 3T22 no dia 3 de novembro, ambos após o fechamento dos mercados. 

No dia 4 de novembro de 2022, serão realizados dois webcasts, o primeiro em português e o segundo em inglês, para apresentar os resultados da companhia referentes ao terceiro trimestre de 2022. 

Além disso, a estatal iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de 100% de sua participação acionária na Petrobras Operaciones (POSA), subsidiária integral da Petrobras na Argentina e detentora de participação de 33,6% no Campo de Rio Neuquén. 

O teaser, que contém as principais informações sobre a oportunidade, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da empresa.

Padtec (PDTC3)

A Padtec, em conjunto com as empresas de tecnologia e de telecom Airspan, Trópico, Qualcomm, V.tal, Brisanet, Juganu e Motorola, instalou uma luminária 5G inteligente na Prefeitura de Campina Grande, na Paraíba. 

O objetivo das empresas e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Prefeitura de Campina Grande é fazer uma demonstração pública sobre o impacto das novas tecnologias, como 5G e IoT (internet das coisas) no cotidiano das pessoas, dentro do conceito de cidades inteligentes. 

O sinal estará disponível a partir de hoje, quando ocorrerá o lançamento da luminária na cidade, e ficará disponível para demonstração por 60 dias. A luminária inteligente possui uma série de funcionalidades incorporadas, como um sistema de gestão do serviço de iluminação, que permite identificar falhas e fazer o controle da intensidade da iluminação de forma remota, e uma câmera, que poderá ter recursos de identificação facial e diversos outros softwares analíticos de extrema importância para a cidade. 

De acordo com a Padtec, a luminária também trará uma antena celular 5G para captar e transmitir sinais para os smartphones que possuem essa tecnologia, além de conectividade Wi-Fi, transformando o equipamento em uma unidade de serviços, demonstrando, na prática, como deverá ser uma “cidade inteligente”.

3R Petroleum (RRRP3)

A 3R Petroleum divulgou os dados de produção preliminares e não auditados referentes ao mês de setembro de 2022.

A 3R é operadora dos Polos Macau, Areia Branca, Fazenda Belém, Rio Ventura, Recôncavo e Peroá, e detém participação de 35% no Polo Pescada, este último operado pela Petrobras. 

A produção média diária consolidada dos sete polos somou 17.674 barris de óleo equivalente (boe) em setembro de 2022. Desse total, a parcela referente à 3R atingiu uma média diária de 16.450 boe.

Iochpe-Maxion (MYPK3) 

A Iochpe-Maxion comunicou que a S&P reafirmou os ratings ‘BB-’ e ‘brAA+’ da companhia, nas escalas global e nacional, respectivamente, com perspectiva positiva.

CPFL Energia (CPFE3)

A CPFL Energia iniciou uma parceria entre a empresa CPFL Soluções e a concessionária Allegra Pacaembu para o projeto de eficiência energética do estádio do Pacaembu, na cidade de São Paulo. 

O projeto contará com duas usinas solares fotovoltaicas de 250kWp no total, uma usina de cogeração a gás natural, dois bancos de baterias, com um total de 1.000 MVA, para estabilidade no fornecimento, central de climatização de 1.850 TR para todo o complexo, quatro geradores de emergência com potência total de 4,7 MVA, para geração própria em caso de falta da rede externa, 47 painéis de média tensão com 19 transformadores para distribuir a energia recebida da rede pelo complexo, sistema de monitoramento inteligente e dez carregadores de veículos elétricos. 

Fazendo parte do processo de modernização do estádio, a execução do projeto é prevista para começar no primeiro trimestre de 2023, com conclusão esperada ao final do mesmo ano e investimento de aproximadamente R$ 70 milhões. A CPFL ficará responsável também por toda a operação e manutenção de todos os sistemas, com equipe residente, por 15 anos, totalizando cerca de R$ 300 milhões em contratos. 

Brisanet (BRIT3)

A Brisanet anunciou os dados operacionais de setembro de 2022. No final do mês passado, a empresa atendia a 1.039.760 clientes em nove estados da região Nordeste, são eles Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Piauí, Sergipe, Maranhão e Bahia, passando em frente de 5,9 milhões de domicílios em 152 cidades.

Desde dezembro de 2021, segundo dados divulgados pela Anatel, a Brisanet é líder de banda larga fixa na região Nordeste, apesar da presença relevante em apenas sete dos nove estados. 

A Brisanet liderou a Pesquisa de Satisfação 2021, divulgada pela Anatel, ao obter as 3 maiores notas estaduais do Brasil, sendo a primeira em todos os estados onde atua.

Em setembro, foram adicionados 91 mil HPs. A companhia vem desacelerando os investimentos em FTTH, visando a manutenção de estrutura de capital adequada durante período mais desafiador da economia e de mercado somado ao início dos investimentos na implantação do 5G

Segundo a empresa, a previsão é ultrapassar 6,1 milhões de domicílios até o final de 2022. O crescimento orgânico da base de clientes em setembro foi de 20 mil. 

“Apesar do cenário mais desafiador, a Brisanet continua sendo a empresa de maior crescimento orgânico de assinantes. A expectativa para os últimos três meses deste ano é de crescer no máximo nesse patamar”, afirmou a companhia em comunicado. “O cenário econômico brasileiro, especialmente na região onde atuamos, permanece desafiador. A expectativa de melhoria no poder de compra das classes C, D e E, nosso maior público, ainda não se concretizou”, complementa.

A Brisanet ainda mencionou que a inflação e a estratégia de preços adotada pela concorrência continuam exercendo pressão no mercado de telecomunicações. E, dessa forma, a companhia estima uma base de aproximadamente 1,1 milhão de clientes até o final de 2022. 

Além disso, por meio da Agility Telecom, a Brisanet fornece serviço a quase 215 mil clientes em cinco estados do Nordeste com 93 franqueados, passando em frente de quase 1 milhão de domicílios. A Agility Telecom também está passando por mudanças, com ajustes em alguns parceiros e no seu crescimento, à espera do início da operação do 5G pela companhia e do alinhamento de novos investimentos à capacidade financeira dos franqueados.

Considerando as duas bases, o Grupo Brisanet atende a mais de 1,25 milhão de clientes no Nordeste do país. 

Marfrig (MRFG3)

A Marfrig prestou esclarecimentos a respeito da notícia veiculada no portal Valor Econômico na última terça-feira (11), intitulada “Marfrig prepara CRA de R$ 1 bilhão para compra de gado”.

A companhia afirmou que, conforme previsto nos documentos apresentados à CVM no âmbito do Pedido de Registro de Oferta Pública, os CRA, a serem emitidos pela securitizadora, serão lastreados em direitos creditórios do agronegócio, a serem devidos pela companhia, por força de debêntures a serem emitidas pela Marfrig, no âmbito da primeira e segunda) séries da 11ª emissão de debêntures simples. 

Na notícia, a imprensa afirma que a Marfrig prepara a emissão de um certificado de recebíveis do agronegócio (CRA) de R$ 1 bilhão com os recursos voltados para a compra de gado. Segundo o jornal, o total poderá ser aumentado em até 20% caso seja vendido um lote adicional, segundo prospecto preliminar protocolado na CVM pela securitizadora Ecoagro, responsável pela operação. 

De acordo com a empresa, a emissão dos CRA e, consequentemente, das debêntures, dependem de condições de mercado e, até o presente momento, não houve qualquer aprovação societária da companhia acerca do tema. 

Adicionalmente, a Marfrig esclareceu que a pretendida emissão faz parte do curso ordinário de seus negócios, não sendo considerada como relevante.

Westwing (WEST3)

A Westwing recebeu comunicação da Must, informando sobre a alienação de sua participação relevante na companhia. A gestora agora detém 4,98% do total de ações emitidas pela Westwing, representando cerca de 5,5 milhões de ações.

Eletrobras (ELET3; ELET5; ELET6)

A Eletrobras informou que, acerca da ação de execução ajuizada pela Eagle Equity, foi proferida nova decisão judicial, pelo MM. Juízo, extinguindo a execução. 

Da decisão, ainda cabe recurso para o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.

Mitre (MTRE3)

A Mitre divulgou sua prévia operacional referente a setembro. Destaque para lançamento de R$ 548 milhões no 3T22, com ênfase para o Haddock 885, primeiro projeto da linha Mitre Exclusive Collection, que atingiu 24,4% de VGV vendido. 

Ainda em relação aos lançamentos, divulgado no 1º fim de semana de outubro, o projeto Raízes Premium Butantã, alcançou R$ 454 milhões de VGV e já foi 30% vendido. 

As vendas líquidas foram de R$ 165 milhões no trimestre, 11% superiores em relação ao 3T21 e 21% melhores na comparação entre 9M22 e 9M21. 

O estoque foi em média 70% vendido, ressaltando que, nos projetos a serem entregues nos próximos 12 meses, este valor atinge 92%. 

Grupo SBF (SBFG3)

O Grupo SBF anunciou a renúncia do diretor da companhia Thiago Rebelo. 

B3 (B3SA3)

A B3 celebrou contrato particular de compra, tendo por objeto a aquisição, pela companhia, da totalidade das quotas representativas do capital social da Datastock, empresa de tecnologia especializada em gestão de integração do estoque de lojas de veículos novos e usados. 

O valor previsto para a aquisição é de até R$ 80 milhões, sendo R$ 50 milhões à vista na data do fechamento da transação e até R$ 30 milhões em earn-out em até 5 anos a partir da referida data, e a depender do atingimento de determinadas metas. O preço final poderá sofrer ajustes que são comuns em operações dessa natureza. 

O fechamento da operação está sujeito à implementação de determinadas condições precedentes usuais nesse tipo de transação, incluindo sua aprovação pela CVM. A operação não dependerá de ratificação pela Assembleia Geral da Companhia e não conferirá aos acionistas o direito de recesso.

Helbor (HBOR3)

A Helbor anunciou os resultados operacionais preliminares e não auditados relativos ao terceiro trimestre de 2022.

As vendas brutas totais no trimestre atingiram R$ 470 milhões, um dos melhores trimestres da história da companhia, representando um aumento de 26% em relação ao 2T22 e alta de 12% na comparação com o mesmo período do ano anterior. As vendas líquidas de distratos no trimestre totalizaram R$ 441 milhões.

O VSO de Lançamentos alcançou 82,4%. A velocidade de vendas medida pelo indicador VSO Total no 3T22 foi de 13,2%, 2,8 p.p. acima do VSO apresentado no trimestre anterior.

Além disso, no 3T22, foram lançados doi novos empreendimentos. A primeira das três etapas da 1ª fase da Fazenda Itapety teve VGV de R$ 171 milhões, atingindo 90% de vendas até o final do trimestre. A 1ª fase do Patteo São Bernardo alcançou VGV de R$ 57 milhões, com 60% de vendas no mesmo período. O VGV Total de lançamentos no ano é de R$ 1,36 bilhão.

Das vendas totais do trimestre, 60% correspondem à comercialização de unidades prontas e em construção, destas 70% são de unidades em construção.

International Meal Company (MEAL3)

A International Meal Company comunicou a renúncia da Andrea Piccinato Macedo Costa ao cargo de diretora sem designação específica da companhia.

EspaçoLaser (ESPA3)

A EspaçoLaser reforçou as principais condições para o exercício do direito de subscrição de sobras, no âmbito do aumento do capital social da companhia para subscrição privada, dentro do limite do capital autorizado.

O exercício do direito de subscrição de sobras ocorrerá entre 10 de outubro de 2022 (inclusive) e 17 de outubro de 2022 (inclusive), sendo que: para os acionistas que o fizerem por meio de agente de custódia (corretora) no âmbito da central depositária da B3, o prazo se encerrará no dia 14 de outubro de 2022, às 20h e para os acionistas que o fizerem por meio do escriturador, o prazo se encerrará no dia 17 de outubro de 2022, às 18h.

Serão 0,7 nova ação para cada ação que tiver subscrito durante o prazo para exercício do direito de preferência.

Azevedo e Travassos (AZEV3)

A Azevedo e Travassos, por meio de sua subsidiária integral Azevedo & Travassos Infraestrutura (A&T Infra), assinou contrato com a Autopista Litoral Sul, sociedade integrante do Grupo Arteris e operadora da concessão do trecho conhecido como Corredor do Mercosul, compreendido pelo Contorno Leste de Curitiba (BR 116), da BR 376 e da BR 101, bem como o Contorno Viário de Florianópolis, no Estado de Santa Catarina. 

O escopo do contrato é a prestação de serviços de engenharia e construção para a implantação de trecho de aproximadamente nove quilômetros ao sul do Contorno Viário de Florianópolis, compreendendo as atividades no tronco da rodovia, obras de viaduto nas pistas sul e norte, trevos de interseção com a BR 282 e BR 101, passagens em desnível, bem como obras de melhorias locais. 

O contrato será executado em regime de empreitada com valor estimado de cerca de R$ 352 milhões.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?