Ibovespa devolve ganhos apurados ontem, em mais uma sessão de baixa liquidez; CSN [CSNA3] é a única alta do índice

business-g7a6862988_1920

O Ibovespa fechou em queda expressiva nesta sexta-feira (25), praticamente revertendo o fenômeno verificado ontem, quando nenhum papel do índice fechou em queda. Hoje, apenas um ativo registrou alta no pregão, evidenciando o “mau-humor” generalizado. Investidores seguem monitorando questões relacionadas ao panorama fiscal e possíveis sinais que indiquem a composição da equipe econômica do governo eleito. A liquidez foi novamente reduzida, por conta do período de negociações mais curto em Nova York.

Hoje, o fortalecimento dos rumores de que um nome político deve assumir o controle da Fazenda a partir do ano que vem, ainda que acompanhado de outros considerados “técnicos”, gerou stress no mercado e impulsionou os juros futuros.

A participação do “favorito” à pasta, Fernando Haddad, em evento da Febraban, foi o principal dos investidores, que repercutiram negativamente as falas do ex-prefeito de São Paulo. O dia foi marcado por agenda relativamente esvaziada, com pregão reduzido em Nova York por conta do feriado de Ação de Graças.

O dólar fechou novamente em alta, atingindo o patamar dos R$ 5,40, impulsionado por questões relacionadas à equipe de Lula e à PEC de Transição e em mais um dia de baixa liquidez por conta do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos.

As preocupações relacionadas à escolha de um Ministro da Fazenda “político” pelo novo governo Lula seguem no radar dos investidores, e a fala do senador Randolfe Rodrigues que corrobora essa afirmação aumentou a cautela, já acentuada pelo discurso considerado “protocolar” de Fernando Haddad.

📊 Ibovespa 108.976,70 pontos (+2,55%)
💰 Volume R$ 20,1 bilhões
💵 Dólar R$ 5,4105 (+1,89%)

As ações da CSN [CSNA3] avançaram 0,81% e foram o único destaque positivo do dia, apesar da desvalorização do minério de ferro na bolsa de Cingapura.

Outros papéis do setor chegaram a registrar alta, como Usiminas [USIM5], Gerdau [GGBR4] e Vale [VALE3], mas inverteram sinal e tiveram quedas de 2,55%, 0,94% e 0,68%, respectivamente.

O avanço dos juros futuros, em meio às incertezas no plano político e fiscal, pressionou as varejistas, também prejudicadas pela sobreposição da Black Friday com a Copa do Mundo neste ano, de acordo com análise realizada pela XP Investimentos.

Via [VIIA3] e Natura [NTCO3] fecharam em queda de 6,28% e 5,99%, respectivamente, enquanto Lojas Renner [LREN3] e Petz [PETZ3] recuaram 6,26% e 5,10%.

Outros ativos ligados ao consumo também tendem a ser pressionados pelo avanço nos juros, como a CVC [CVCB3], que teve a segunda maior queda do dia, de 6,85%.

A interposição de recursos por terceiros habilitados ao Tribunal do Cade contra a decisão de aprovar, sem restrições, a combinação de negócios entre a SulAmérica [SULA11] e a Rede D’Or [RDOR3] pressionou os papéis das companhias, que registraram perdas de 5,82% e 5,48%, respectivamente.

A Qualicorp [QUAL3] também foi afetada e despencou 8,39%, liderando as perdas do dia.

A Petrobras [PETR3; PETR4] teve desempenho negativo, motivado tanto por um movimento de realização, após os ganhos de ontem, quanto pela pressão causada pela forte desvalorização da commodity de referência no mercado internacional.

Os papéis ON [PETR3] da estatal recuaram 2,24%, enquanto os PN [PETR4] apresentaram queda de 1,61%.

Entre os pares do setor, PetroRio [PRIO3] caiu 5,09%, enquanto 3R Petroleum [RRRP3] recuou 5,35%.

O setor bancário, outro de forte peso no índice, também teve queda expressiva. Itaú [ITUB4] e Santander [SANB11] caíram 3,53% e 2,77%. Banco do Brasil fechou em queda de 2,31%, enquanto Bradesco [BBDC4] teve o menor recuo entre os pares, de 1,85%.

⬆️ Maiores altas do índice

🟢 CSNA3 +0,81%

⬇️ Maiores baixas do índice

🔴 QUAL3 -8,39%
🔴 CVCB3 -6,85%
🔴 VIIA3 -6,28%
🔴 LREN3 -6,26%
🔴 NTCO3 -5,99%

(Com Agência Estado e BDM Online)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?