Ibovespa fecha em alta firme, recuperando parte das perdas de semana passada e na expectativa por Fed

blur-g8d6c6cc58_1920

O Ibovespa fechou em alta nesta segunda-feira (19), mostrando recuperação após as fortes perdas da semana passada. O cenário doméstico relativamente favorável à tomada de risco impulsionou o índice, enquanto investidores aguardam a decisão do Fed em relação à alta de juros nos Estados Unidos, que ocorrerá nesta quarta-feira.

Para Felipe Castro, especialista em renda variável da Blue3, o “rali” de recuperação de hoje na bolsa pode ser explicado pela “ressaca pesada” de semana passada, destacando que o cenário negativo pode voltar dependendo da decisão do banco central americano.

O dólar fechou em queda, em meio a uma melhora do humor dos investidores hoje, apesar da expectativa pela manutenção do aperto monetário por parte do Fed. Um maior apetite por risco, após as fortes perdas da semana passada, foi motivado pela percepção de que o mercado já precificou a alta de juros no país, que deve ser de 0,75 ponto percentual.

📊 Ibovespa 111.823,89 pontos (+2,33%)
💰 Volume R$ 28,8 bilhões
💵 Dólar R$ 5,1652 (-1,79%)

O destaque positivo de hoje foi o setor de educação, com Yduqs (YDUQ3) e Cogna (COGN3) registrando as duas maiores altas do índice, de 14,10% e 9,77%. Analistas apontam que o relatório divulgado pela Educa Insight motivou um otimismo do mercado em relação aos resultados e receitas do setor para o segundo semestre de 2022, considerando o maior volume de alunos. Além disso, a criação de um grupo de trabalho do Ministério da Educação (MEC) para propor novas regras para o ensino à distância em alguns cursos foi outro fator considerado positivo, de acordo com Paula Zogbi, da Rico Investimentos.

As siderúrgicas também avançaram na sessão, com destaque para Gerdau (GGBR4) e Gerdau Metalúrgica (GOAU4), com 6,09% e 5,88%, respectivamente. De acordo com o economista-chefe da Messem Investimentos, Gustavo Bertotti, os bons fundamentos e resultados das companhias do grupo favorecem o bom desempenho dos papéis, em meio a uma revisão para cima da atividade econômica. Ainda no setor, Usiminas (USIM5) e CSN (CSNA3) subiram 5,23% e 4,05%, respectivamente.

As mineradoras registraram ganhos mais modestos, mas também fecharam em alta, com Vale (VALE3) subindo 3,24% e CSN Mineração (CMIN3) avançando 1,71%. Apesar da queda do preço do minério de ferro na bolsa de Dalian, as incentivos econômicos na China melhoram as perspectivas para os papéis.

Outro setor a avançar foi o financeiro, apoiado nas perspectivas econômicas positivas para o cenário doméstico, após a divulgação do Boletim Focus desta semana. O Itaú (ITUB4) registrou ganhos de 3,75%, enquanto Bradesco (BBDC4) e Santander (SANB11) subiram 2,63% e 3,60%, respectivamente.

Do lado negativo, nenhum papel registrou queda acima de 2%. A Positivo (POSI3), que liderou as perdas do dia, recuou 1,59%, seguida de Marfrig (MRFG3), com 1,06%, e Cielo, com 0,94%.

⬆️ Maiores Altas do Ibovespa

🟢 YDUQ3 +14,10%
🟢 COGN3 +9,77%
🟢 B3SA3 +6,79%

⬇️ Maiores Baixas do Ibovespa

🔴 POSI3 -1,59%
🔴 MRFG3 -1,06%
🔴 CIEL3 -0,94%

(Com Agência Estado e BDM Online)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?