Serviços avançam em ritmo acelerado no Brasil

BRASA

O PMI de Serviços recuou 1,1 ponto em abril e foi a 53,7, um resultado que ainda indica taxa acentuada de expansão e está acima da média da série histórica. Esse resultado também marca o sétimo mês consecutivo de crescimento e uma das taxas mais fortes em quase um ano.

Segundo os participantes da pesquisa, o nível de atividade aumentou em função do crescimento das vendas, que foi sustentado por shows locais, eventos, iniciativas de marketing e resiliência da demanda. Em meio à expansão, os prestadores de serviços aumentaram sua força de trabalho pelo sétimo mês seguido a uma taxa sólida e a segunda mais rápida em um ano, atrás apenas da taxa de março.

Ao mesmo tempo, os encargos gerais aumentaram ainda mais em abril, refletindo custos maiores com insumos, mão de obra, transporte e conta de serviços públicos. Em alguns casos, a depreciação do real frente ao dólar também gerou aumento nas pressões de custos. A taxa geral de inflação foi a mais forte desde outubro do ano passado.

Nesse sentido, os preços de venda também subiram a uma taxa sólida e acima da média de longo prazo, mas recuou para o valor mais baixo em 6 meses, amparado por cortes de preços de empresas que tentaram promover descontos para garantir novos pedidos.

Por fim, o nível de otimismo caiu para a mínima de 9 meses e ficou abaixo da sua média de longo prazo, mas cerca de 44% dos participantes da pesquisa ainda preveem um aumento na atividade de serviços ao longo dos próximos 12 meses.

Apesar da redução no nível de atividade do setor, ainda observamos uma taxa de expansão acelerada e bastante saudável com criação de empregos. Dito isso, seguimos com perspectivas positivas para os serviços em 2024, dado o cenário macro benéfico que se formou e tende a melhorar ainda mais com os cortes de juros e relatos de resiliência no consumo e no mercado de trabalho.

Os serviços em conjunto com a indústria devem alavancar a atividade econômica brasileira esse ano à medida que o setor agrícola, que foi destaque ano passado, sofrerá com a deterioração causada principalmente pelos impactos climáticos.

[Fonte: Benndorf Research]

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?