Uma Selic terminal em 10% seria o fim das small caps?

IMG_3516

Cada vez mais o mercado brasileiro se acostuma com a ideia de uma Selic terminal de dois dígitos. Enquanto o boletim Focus desta semana registrou expectativa de taxa a 9,5% ao final deste ano, já circula nos escritórios da Faria Lima a ideia de que os juros básicos não vão abaixo de 10% tão cedo.

Se a tese se concretizar, será um balde de água fria para diversos gestores que apostavam em uma retomada da bolsa em 2024. Max Bohm, ele mesmo um entusiasta de longa data das small caps, vê as ações perdendo atratividade ante o novo panorama.

O estrategista de investimentos da Nomos lembra da relação proporcionalmente inversa entre juros de bolsa, na qual as small caps sofrem mais, por serem o nicho mais dependente de juros baixos, capital barato e crédito mais acessível para poder crescer. Em live na semana passada, ele deu dicas sobre como readequar o portfólio para um cenário mais restrito.

Entretanto, apesar de constatar perda de atratividade das small caps, ele frisa que as ações do tipo estão “tão baratas, a um múltiplo tão descontado – algo próximo a 8,5 Preço/Lucro, enquanto a média é 15 –, que, mesmo dentro de um cenário macro pior em termos de juros, eu acho que elas são boas oportunidades”.

Assim, Max analisa que a perda de atratividade se restringe ao curto prazo. No médio e longo, defende, os investidores vão enxergar que as ações de empresas menores estão muito baratas e podem multiplicar o próprio capital.

Para quem tem uma parcela do patrimônio voltada para investimento em ações, o especialista recomenda colocar 80% em large e mid caps e 20% nas small caps. A estratégia serve mesmo para montantes menores.

Desenvolvedor de três carteiras de investimento a pedido da Nomos, Max exemplifica que, de um montante de R$ 5 mil, seriam R$ 4 mil destinados a ações de suas carteiras focadas em ações e dividendos, respectivamente, e o restante para papéis do portfólio de small caps. Ações “muito baratas, descontadas, com grande potencial de valorização”.

Promovido pela Nomos Investimentos

Estrategista de ações de longa data, Max Bohm desenvolveu três portfólios de ações exclusivos para a Nomos. Cada um tem uma estratégia bem distinta, mas todos compartilham o objetivo de fazer seu dinheiro trabalhar para você. Clique e conheça!

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?