Decisão de Gilmar Mendes limita reação positiva do índice; Ibovespa opera próximo à estabilidade

AÇÕES

O Ibovespa mantém alta moderada na sessão desta segunda-feira (19). Pela manhã, por volta das 11h, o indicador registrou máxima intradiária de 103.529 pontos. O movimento para o campo positivo é restringido pela cautela dos investidores em relação à decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF)

Na noite de ontem, o ministro decidiu retirar os gastos com o Bolsa Família do teto de gastos. A decisão de Gilmar Mendes exclui a necessidade da aprovação da PEC de Transição no Congresso, cuja votação na Câmara está prevista para amanhã (20).  

Agentes do mercados relataram desconfiança de que os deputados possam realizar alguma alteração na PEC de Transição para forçar seu retorno ao Senado. Há também expectativas sobre a reação de Arthur Lira, presidente da Câmara, que vinha adiando a votação e pressionando o governo eleito a atender demandas por cargos.

No contexto internacional, investidores continuam preocupados com a recessão global. A elevação no número de casos de Covid-19 na China causam insegurança em relação às projeções de demanda na segunda maior economia do mundo. 

Alinhados ao movimento de queda do minério de ferro, as ações de companhias do setor de metais lideram as perdas do Ibovespa, com Usiminas [USIM5] caindo 3,27%, CSN [CSNA3], 2,01%, e Vale [VALE3] em queda de 1,06%. 

Na ponta positiva, o setor de varejo sobe em bloco, com Grupo Soma [SOMA3] em alta de 3,32%, Americanas [AMER3] subindo 3,40%, e VIA [VIIA3], 2,62%.  

O dólar perdeu força no mercado local, com máxima de R$ 5,32. O movimento é justificado também pela decisão do ministro Gilmar Mendes de retirar o Bolsa Família do teto de gastos. 

🇧🇷 Ibovespa +1,14% (104.026 pontos)
💵 Dólar +0,20% (R$ 5,32)

Cotações registradas às 12h

Commodities

O petróleo opera em alta. O movimento acontece à medida que investidores avaliam as perspectivas de crescimento global, diante do aumento dos juros dos principais bancos centrais e da promessa de Pequim sobre estimular o consumo, enquanto o país relaxa gradualmente a política de Covid-zero. 

O minério de ferro recuou 3,1%, cotado a US$ 107,85 a tonelada na bolsa de Cingapura.  

🛢 Brent +1,77% (US$ 80.44)
🛢 WTI +1,92% (US$ 75,88)
🇨🇳 Minério de ferro -3,1% (US$ 107,85)

Cotações registradas às 12h; minério de ferro referente a Cingapura

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?